Vítima grita por socorro e PM prende homem por violência doméstica

Um homem de 41 anos foi preso às 23h desta segunda-feira (26) após sua companheira de 57 anos gritar por socorro dizendo que estava sendo agredida, fazendo com que uma equipe da Polícia Militar fosse acionada para a casa do casal, localizado no bairro Parque Celeste. 

Ao chegarem policiais foram informados por populares que o acusado era uma pessoa perigosa, pois já havia matado duas pessoas. Na residência, o agressor disse que sua companheira já estava dormindo e permitiu a entrada dos PMs. 

Dhoje Interior

Os policiais constataram que a mulher estava com vários ferimentos em seu rosto, em seguida eles foram informados de que ela estava sendo agredida desde o domingo (25), sendo que esta não é a primeira vez, porém nunca registrou um boletim de ocorrência. 

Em sua defesa o homem negou as agressões dizendo que a vítima é usuária de drogas e álcool, sendo que na noite da segunda-feira ela teria feito o uso das duas substâncias e caído sozinha no chão, o que resultou nos ferimentos. 

Os dois envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes. O acusado foi preso em flagrante e permanecerá à disposição da justiça. O caso foi registrado como lesão corporal e violência doméstica, em seguida foi encaminhado para a Delegacia Seccional. 

Colaborou – Bruna MARQUES – Redação Jornal DHoje Interior.