Vigilante reage a assalto, luta e atira na coxa do bandido

Policiais Militares foram acionados para atender uma ocorrência de roubo no bairro Vila Elmaz, em Rio Preto. A informação inicial é que haveria uma vítima baleada.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (26) na rua Eugênio Riente, quando os policiais chegaram no local o bandido já tinha fugido.

Dhoje Interior

Um vigilante de 38 anos informou a PM que o bandido lhe rendeu com um revólver quando estava saindo de sua residência de moto por volta das 5h40  e anunciou o assalto, pedindo para que a vítima lhe entregasse o cordão e o celular.

Após entregar o cordão de outro, num momento de distração, vítima reagiu e entrou em luta corporal com o assaltante. O vigilante conseguiu desarmar o bandido e nesse momento acertou um disparo na coxa esquerda do ladrão.

Após ser baleado, o bandido fugiu sem levar o celular e o cordão de ouro da vítima. Ele ainda deixou cair um capacete no chão, que foi apreendido pela polícia.

Segundo a polícia, no local não foi encontrado vestígios de sangue e a arma apresentada pela vítima um revólver calibre 32 continha dois cartuchos deflagrados e quatro intactos. O vigilante disse que não sabe se acertou ou apenas raspou a coxa do bandido.

A vítima disse que  o assaltante vestia um moletom com capuz cor preta e uma calça preta. Tinha aproximadamente 1,70 de altura, cor branca, magro e cabelos curtos, mas não recorda do seu rosto, pois o tempo que ficou sem capacete foi rápido. O vigilante ainda disse que teve o dedo da mão machucado no momento da luta com o bandido.

A vítima compareceu a Central de Flagrantes e prestou depoimento, a equipe da Perícia do Instituto de Criminalística fez a realização do exame residuográfico no vigilante para verificar se há vestígios de pólvora. A arma foi apreendida para perícia.

O caso foi registrado como roubo, legítima defesa e localização e apreensão de objetos, o assaltante não foi localizado e ninguém foi preso.

Janaína PEREIRA – Redação Jornal DHoje Interior