Veterinário dá carona a conhecido e tem celular furtado

Foto: Cláudio LAHOS

Um veterinário, de 33 anos, teve o celular furtado, na tarde desta sexta-feira, por um conhecido para quem deu carona.

À polícia, ele contou que estava trabalhando em Cosmorama e o suspeito, que estava prestando serviço no mesmo local, veio junto, tendo sido deixado próximo ao cemitério de Bálsamo.

Dhoje Interior

Assim que chegou em Rio Preto, o veterinário percebeu que o aparelho havia desaparecido, ligou para o seu número, mas o telefone estava desligado.

O furto foi registrado na noite de ontem, na Central de Flagrantes rio-pretense, e segue sendo investigado.

Daniele JAMMAL