Três homens vão para a cadeia após descumprirem medida protetiva

Entre a noite desta quinta-feira (21) e a madrugada desta sexta-feira (22), a Polícia Militar (PM) e a Guarda Civil Municipal (GCM) de Rio Preto atenderam três casos de descumprimento de medida protetiva com a prisão dos acusados.

De acordo com os boletins de ocorrência, os policiais e os guardas foram acionados pelas próprias vítimas, sendo que o primeiro caso ocorreu às 21h10, no bairro Boa Vista, quando uma mulher, de 34 anos, acionou a PM para acompanhá-la até a casa de seu ex-companheiro para buscar alguns pertences.

Dhoje Interior

Na residência, o homem, de 40 anos, se recusou a deixar a vítima entrar e informou que apenas soube da medida protetiva quando chegou em sua casa, o que foi desmentido pela vítima que mostrou aos policiais as mensagens enviadas por seu ex-companheiro. O caso foi encaminhado para o 2º Distrito Policial.

Aproximadamente 20 minutos depois, uma equipe da GCM foi acionada por uma mulher, de 37 anos, que informou que seu ex-companheiro, de 40 anos, estava em frente ao seu apartamento, no bairro Eldorado, e proferindo injúrias.

No local, os guardas localizaram o homem transtornado dentro de seu carro e mais tarde a vítima comprovou a medida protetiva ao mostrar sua cópia do documento. O homem foi levado para a Central de Flagrantes e preso. A investigação desse caso ficará por conta do 6º DP.

Já à 1h20 desta sexta-feira, uma segunda equipe da GCM foi chamada por uma mulher, de 38 anos, que informou que seu ex-companheiro entrou em sua residência, no bairro Amizade, sem a sua permissão e que ela possui medida protetiva.

No endereço, os guardas foram recebidos pela vítima que informou que o homem, de 42 anos, estava no fundo de sua casa e que teria tentado fugir pulando muro, mas foi detido. Ela ainda acrescentou que o ex-companheiro chegou em sua residência bêbado.O caso foi encaminhado para o 3º Distrito Policial.

Colaborou – Bruna MARQUES – Redação Jornal DHoje Interior