Tipos O+ e O- estão em falta no Banco de Sangue

O Banco de Sangue do hospital Beneficência Portuguesa em Rio Preto está com falta de doadores os tipos O+ e O-. O local é responsável por fornecer bolsas de sangue para o Beneficência, Santa Casa, IMC (Instituto de Moléstias Cardiovasculares) e Unimed.

Segundo a enfermeira Mayra Marinelli, o fluxo de doadores costuma variar durante as semanas. “Quando temos algum paciente jovem internado que precisa da bolsa de sangue, ele consegue mobilizar vários doadores na família e no círculo de amigos para vir no Banco. No entanto, doações espontâneas acabam sendo minoria, então existem períodos em que a coleta acaba caindo muito”, comentou.

Dhoje Interior

De acordo com ela, o Banco de Sangue possui quatro bolsas do tipo O (negativo e positivo), sendo que o ideal era ter ao menos 10 bolsas no estoque. “O tipo O- é o mais utilizado porque é universal. Quando temos uma situação de emergência, não dá tempo de ficar testando o tipo sanguíneo do paciente, então utilizamos o O-. Há também casos em que os médicos, quando vão fazer uma cirurgia, pedem uma reserva para tratar o paciente, consumindo várias bolsas”, afirmou Mayra.

A enfeira informou que a situação do tipo A é boa e que os tipos B e AB estão em menor quantidade. O Banco de Sangue recebe em média de 15 a 20 doadores por dia, mas nos últimos dias tem ficado abaixo de 10.

Para doar não é preciso fazer agendamento. O doador precisa: ter idade de 16 a 69 anos (menores de 18 precisam estar acompanhado de um responsável); pesar acima de 50 kg; repousar seis horas antes da doação; evitar fumar duas horas antes e duas horas depois da doação; alimentação leve nunca em jejum e trazer documento oficial com foto.

O banco ainda recomenda que pessoas que receberam a vacina contra Covid-19 esperem sete dias antes de doar. O Banco de Sangue fica na rua Luiz Vaz de Camões, Nº 3236. O telefone é (17) 3211-5454.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior