Pedágio da BR-153 ficam 48% mais caros hoje

A partir deste sábado os pedágios de Onda Verde e José Bonifácio, na BR 153, passam a ficar 48% mais caro e o óleo diesel também teve aumento recentemente de pelo menos 25%. A soma dos reajustes vai impactar o consumidor final, dizem entidades do setor.

O Valdir Pestana é o presidente da Fttresp (Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo) e explica que o maior prejudicado é a população em geral. “Este aumento é um absurdo. Os pedágios são um absurdo, principalmente em época de pandemia onde tudo já está indo por água abaixo. Quem acaba pagando essa conta é a população. O Sindicato é contra qualquer tipo de aumento que prejudique a população”.

Dhoje Interior

O reajuste dos pedágios quase dobra os valores pagos. Caminhão pequeno com quatro eixos vai desembolsar R$ 30,80. No caso carretinhas em veículos o valor foi de R$10,40 para R$15,40. Já caminhões com seis eixos, mais pesados, terão tarifa do pedágio de R$31,20 para R$46,20.

O impacto também vai acontecer nas transportadoras, no entanto, mesmo assim a conta final vai ficar para o consumidor. “O aumento do diesel e agora o aumento do pedágio está degringolando as empresas de transportes. O diesel principalmente, porque esse sai do bolso da empresa”, comenta José Luiz, chefe do transporte da transportadora TransReal de Rio Preto.

Segundo ele, no caso do pedágio, o reajuste afeta mais o consumidor final. “Porque quem paga ele para nós é o cliente, por exemplo: o distribuidor de arroz que nos contrata para levar a carga dele. Quando esse cliente ver que o pedágio aumentou vai ter que repassar este aumento no produto dele e quem vai comprar este produto mais caro somos nós, consumidores finais”, afirma.

Além disso, outros produtos subiram, como pneu, mão de obra e peças dos caminhões em geral. De acordo com a Fttresp, esses produtos aumentaram em torno de 10% e acumula na conta para a população pagar.

Divulgação

Emprego

Os pedágios de Onda Verde e José Bonifácio estão contratando agentes de pedágios, para realizar a arrecadação da tarifa. É preciso ter o ensino médio, informática básica, disponibilidade para trabalhar na escala 6×2 em diversos horários, organização, trabalho em equipe, boa comunicação e dinamismo.

Já o pedágio de Nova Granada está contratando para operador de roçadeira e ceifadeira para realizar a capinação e roçagem das áreas verdes em torno da rodovia utilizando roçadeira costal e também fazer a manutenção e limpeza do equipamento, auxiliar a limpeza e organização do local das atividades e apoiar a equipe nas atividades diárias. Os requisitos para esta vaga são: ensino fundamental, desejável experiência na atividade, organização, dinamismo e pró-atividade.

Para se cadastrar para as vagas, acesse o site da Triunfo Transbrasiliana.

Por Andressa ZAFALON