SAÚDE VASCULAR – Por que minhas pernas doem quando eu ando?

Você já sentiu dores nas pernas durante a caminhada, durante o exercício ou ao subir alguns lances de escada? Suas panturrilhas e seus dedos dos pés começaram a formigar e você foi obrigado a parar a caminhada ou a encerrar abruptamente o exercício para que este sintoma melhorasse? Se você se identificou com estas queixas, você é um potencial portador de alterações circulatórias e por isso você merece realizar uma avaliação com o cirurgião vascular.

Quando caminhamos, corremos ou andamos de bicicleta, naturalmente ocorre um aumento do aporte sanguíneo para a musculatura dos membros inferiores, suprindo a necessidade metabólica local. Quanto maior o desempenho físico, maior a necessidade energética e maior a demanda por sangue, oxigênio e nutrientes. Felizmente, nosso organismo é capaz de se adaptar as nossas necessidades fisiológicas, permitindo a realização de atividades físicas.

Dhoje Interior

Entretanto, se existir depósito de placa de colesterol na parede das nossas artérias, mesmo em repouso ocorrerá redução do fluxo sanguíneo local. Em situações que exigem maior trabalho muscular, como por exemplo durante a caminhada ou a corrida, a necessidade energética da musculatura das pernas não será suprida, prejudicando a performance física e resultando em dor muscular de origem isquêmica, que caracteriza-se pelo binômio: “dói durante o exercício, melhora com o repouso”. Este tipo de dor é denominado “Claudicação Intermitente”, um sintoma associado a alterações circulatórias na parede arterial.

Os fumantes, os diabéticos, os hipertensos, os obesos e os cardiopatas constituem a população predisposta a manifestar sintomas de Claudicação Intermitente. Nestes casos, duas recomendações são importantes. Em primeiro lugar, se você apresenta Claudicação Intermitente mesmo na ausência de fatores de risco, procure o atendimento do cirurgião vascular. Em segundo lugar, se você é portador destes fatores de risco, mas ainda não manifestou sintomas de dores nas pernas durante a caminhada, faça anualmente seu check-up vascular.

A avaliação detalhada do sistema arterial representa a única forma de diagnosticar a extensão do acometimento circulatório em decorrência de obstruções oriundas de depósitos de placas de colesterol em nossos vasos sanguíneos. O Ultrassom Doppler Arterial analisa todas as artérias das pernas de maneira indolor e não invasiva. Ainda mais neste período de pandemia, não há motivos para postergar este exame uma vez que o mesmo pode ser realizado no próprio consultório médico, com respeito a todas as orientações do Ministério da Saúde e do Comitê de Enfrentamento da Covid-19.

Para maiores informações a respeito da medicina vascular, acesse o site www.drsthefanovascular.com.br. Mande sua pergunta! Ficaremos felizes em contribuir com a sua saúde vascular.