Saúde vacinará profissionais de saúde na Swift e nas Unidades de Saúde

A Secretaria de Saúde de Rio Preto informou que vai realizar nesta quarta e quinta-feira, 27 e 28 de janeiro, a vacinação de profissionais de saúde no Complexo Cultural Swift. As doses serão aplicadas entre 10h e 18h.

Poderão se vacinar:

Dhoje Interior

Trabalhadores de áreas não Covid com maior risco de exposição pela atividade, que são:

– Profissionais das emergências e UTIS (lista nominal fornecida pelas Instituições);

– Funcionários de hospitais e da rede municipal de saúde com 60 anos ou mais (lista nominal fornecida pelas Instituições; não inclui trabalhadores afastados);

– Anestesistas;

– Endoscopistas;

– Otorrinolaringologistas;

– Pneumologistas;

– Cirurgiões dentistas e auxiliares de saúde bucal ativos no CROSP pela atividade envolvendo vias respiratórias.

Para as especialidades listadas acima, será obrigatório o fornecimento de documento que comprove a especialidade da função (título de especialista e conselho de classe) e comprovante de vínculo ativo de trabalho no município.

Todas as pessoas que receberem a vacina deverão assinar um termo de responsabilidade das informações prestadas.

Na sexta-feira, 29, outros profissionais de saúde poderão se vacinar contra a Covid, nas salas de vacina das Unidades Básicas de Saúde não respiratórias, entre 8h e 16h e também na Swift das 10h às 18h.

Poderão se vacinar:

Trabalhadores de saúde de hospitais e serviços públicos de saúde Rio Preto diretamente envolvidos na assistência ao paciente (não entram profissionais liberais), que são:

– Médicos;

– Enfermeiros;

– Técnicos e auxiliares de enfermagem;

– Fisioterapeutas;

– Fonoaudiólogos;

– Assistentes sociais;

– Psicólogos;

– Técnicos e auxiliares de setores de exames;

– Recepcionistas (não inclui administrativos com atividades internas);

– Profissionais da limpeza das áreas assistências;

– Farmacêuticos e técnicos de farmácia (dispensação para pacientes).

Para todos os casos, há necessidade de comprovação da função (como registro no conselho de classe) e vínculo com o estabelecimento, como holerite, crachá institucional e carteira de trabalho. Não serão aceitas declarações.

Os grupos foram elencados considerando as doses disponíveis após o atendimento integral dos critérios de priorização estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde e os critérios elencados para vacinação dos trabalhadores da saúde como manutenção da força de trabalho, maior risco de exposição e fatores individuais de maior risco de complicações.

Os trabalhadores de saúde de clínicas e consultórios privados serão elencados no próximo grupo, conforme disponibilidade de doses e logística.

Balanço

Do início da campanha de vacinação contra a Covid-19, na última quinta-feira, 21, até segunda-feira, 25, foram aplicadas 2.400 doses nos grupos prioritários da campanha – profissionais da saúde da linha de frente no enfrentamento à Covid e idosos e pessoas com deficiência institucionalizadas.

Da REDAÇÃO