Saúde inicia vacinação na rede municipal e espera imunizar 3 mil até sexta-feira

Foto: Guilherme Batista

A Secretaria de Saúde de Rio Preto deu início na manhã desta quinta-feira (21) ao processo de imunização de profissionais da saúde da rede municipal e de hospitais particulares. A cerimônia contou com a vacinação dos oito primeiros trabalhadores no Complexo Pró-Saúde.

A primeira imunizada foi a médica Vera Lúcia Kawagoe, 58 anos, que trabalha desde 1993 na UBSF Solo Sagrado. De acordo com a médica, ela seria inicialmente afastada por conta da idade e por ter comorbidades, mas celebrou o fato de estar trabalhando durante a pandemia. “Eu fiquei com a saúde íntegra até agora para continuar lutando. A gente já viu gente com poucos sintomas, muitos sintomas, respirando muito mal e quase a beira da morte. Quando vê que conseguiu chegar até agora e continuar ajudando os outros, é muito gratificante. Me sinto lisonjeada por ter sido escolhida”, afirmou.

Dhoje Interior

Na sequência foi imunizada a enfermeira da UPA Jaguaré, Rita de Cássia Gimenez. “Foi uma grande satisfação. Sabemos que essa vacina vai dar uma maior tranquilidade para nós trabalharmos. É muito difícil atuar na linha de frente, ver muitas pessoas morrendo. É um alívio saber que muitas pessoas não vão mais adquirir essa doença”, comentou.

Ainda foram vacinados: Claudia Tozzo Garcia (enfermeira do Centro Diagnóstico Hospital Dia), Newton Mota Pina (médico da Unimed), Daniela Cristina Fernandes Menino (enfermeira da Santa Casa), Francisco José Masceno da Silva (técnico de enfermagem do Austa), Cintia Perpetua da Silva (enfermeira do Beneficência Portuguesa), Rosana Santana (enfermeira do Hospital do Coração) e Claudinéia Maria Moreira da Silva (enfermeira da Santa Casa).

A secretária de saúde recebeu na quarta-feira (20) 7.800 doses da CoronaVac somente para a primeira aplicação. A expectativa é vacinar 3.000 trabalhadores da saúde até sexta-feira (21).

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior