Saúde espera que AME abra até 80 leitos de enfermaria para Covid-19

Hospital João Paulo II - AME

O Hospital João Paulo II, mais conhecido como AME, abriu recentemente 14 leitos exclusivos para tratamento do coronavírus, sendo oito para UTI e seis de enfermaria. No entanto, o Assessor Especial da Saúde, André Baitello tem expectativa que esse número suba para 80. “A novidade mais importante seria se o Hospital do João Paulo II abrisse mais leitos. Além dos 14 já abertos, a gente espera que ele amplie esse atendimento. Eles têm uma capacidade bem maior, então, se eles se transformassem a enfermaria totalmente em Covid poderiam atender até 60, 80 pacientes na enfermaria, já que eles têm uma enfermaria grande lá”, enfatiza Baitello.

A Secretaria da Saúde informou que tal decisão é prerrogativa do Estado. “A abertura de novos leitos no Hospital João Paulo II depende do Governo Estadual de São Paulo. O município já fez gestões junto ao estado para a abertura de mais vagas no Hospital João Paulo II. A decisão da abertura dessa novas vagas depende do Estado”.

Dhoje Interior

Na contramão, o Governo do Estado comunicou que a expansão de leitos não depende somente deles. “A expansão de leitos não é prerrogativa exclusiva do Estado, sendo também atribuição dos municípios e da União”.

A reportagem procurou a administração do Hospital João Paulo II para saber se alguma articulação neste sentido estava sendo feito, porém, a assessoria da entidade disse que o Governo do Estado é quem responde pelo Hospital, principalmente se tratando de abertura de leitos para tratamento de Covid.

Por Andressa ZAFALON