SAÚDE E SEXUALIDADE – DISFUNÇÕES SEXUAIS PARTE 4

AVERSÃO SEXUAL

Aversão sexual é aversão ao contato sexual, evitando assim todo ou quase todo o contato sexual com os órgãos genitais.

Dhoje Interior

Atitudes negativas em relação ao sexo, educação sexual repressiva, histórico de violência / abuso e dificuldades nas relações sexuais são alguns dos fatores que contribuem para essa dificuldade.

O transtorno é descrito em duas publicações que são referência no mundo da saúde para o diagnóstico de doenças, o Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders ou DSM-5 (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, em tradução livre), conhecido como a bíblia da psiquiatria, e na Classificação Internacional de Doenças (CID) da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 Existem abstêmios chamados assexuados que em alguns casos não  sofrem e não se preocupam com falta de desejo sexual . A libido  provavelmente está depositada em outra área, na carreira, num projeto de vida, numa obra social. Então, se não incomoda, não vamos categorizar como uma doença”, porem na maioria dos casos provavelmente vai se incomodar, porque o sexo está em toda a parte”.

A repulsa estará relacionada a “experiências traumáticas da infância, estrutura familiar desordenada, agressão adulta, acesso restrito à educação e aos sistemas morais e visões negativas do sexo, que podem causar medo e repulsa”. Para aqueles que estão sofrendo deste transtorno, isso é um problema porque eles podem querer estabelecer relacionamentos emocionais de longo prazo com os outros, mas não conseguem, em alguns pacientes, o Transtorno pode dificultar até interações sociais mais básicas.

Provavelmente  o número de pessoas que sofram deste distúrbio seja maior do que se pensa, “As pessoas sentem muita vergonha de falar sobre o assunto”, então o maior vilão para a solução deste distúrbio é o preconceito  é o machismo estrutural de nossa sociedade.

Quando  realizado o diagnóstico, o tratamento é feito à base de terapia sexual com um sexólogo , “A linha de terapia sexual é breve e eficaz , de base cognitivo-comportamental, na maioria das vezes . Quanto à medicação, depende da necessidade de cada paciente. Poderiam ser indicados ansiolíticos ou medicamentos que favoreçam o interesse sexual, ou as duas opções ”.

Possíveis causas

Além das citadas acima, secreções genitais, principalmente entre as mulheres , que por medo de o outro sentir cheiro ruim por algum problema de saúde tendem a se fechar para sexo.

Depressão também pode ser um causador do distúrbio.

Os sintomas são físicos, palpitações e ate ataque de pânico , por isso fique atento a mudanças que acontecem com você e com seu parceiro.

Ame e aproveite o melhor da vida, goze de viver!

Beijos ate a próxima.

Mirna Lacerda Zelioli – Formada em pedagogia e sexóloga em formação e palestrante em vendas. Gestora comercial, sensual coach, empresária do mercado erótico, criadora do projeto SAT (Sexualidade Amor pra Todos), Projeto de Inclusão, projeto CEL (Coragem e Empoderamento e Libertação).