SAÚDE E SEXUALIDADE – ANORGASMIA, PORQUE AS MULHERES TEM DIFICULDADES DE CHEGAR AO ORGASMO

Muitas mulheres relatam ter dificuldade em atingir o orgasmo, relaxar na cama e sentir prazer

Para comemorar um ano de minha coluna resolvi falar de um assunto que é tabu entre a sociedade ORGASMO FEMININO.

Dhoje Interior

Segundo estudo do Pro Sexo – Programa de Assistência Sexual do Hospital das Clínicas de São Paulo, 78,8% das brasileiras relatam insatisfação com a vida sexual. No Brasil, 8,2% das mulheres queixam-se de ausência completa de desejo sexual; 26,2% não chegam ao orgasmo; 26,6% têm dificuldade para despertar e 17,8% têm dispareunia (dor durante a relação sexual). A maioria das mulheres conseguem atingir o orgasmo por meio da estimulação clitoriana, masturbação ou sexo oral, mas não pela penetraçãovaginal.

Também há casos de mulheres que nem sabem se chegaram ao orgasmo
Eu posso garantir uma coisa que se você não sabe se já teve ou não um orgasmo, é bem provável que você nunca tenha chegado lá, quando você conseguir, pode ter certeza que você vai saber o como é.

O ciclo da resposta sexual de uma mulher tem 3 fases: desejo, excitação e finalmente orgasmo. Você precisa investigar e entender em qual estágio está o bloqueio, uma mulher que sofre de anorgasmia não sofre necessariamente de baixa libido ou falta de excitação. Portanto, o autoconhecimento e a auto-observação são fundamentais, você só conseguirá eliminar bloqueios se descobrir o que realmente está bloqueando você. Muitas mulheres relatam culpa e preocupação quando não têm orgasmo, algumas até dizem que seus parceiros as culpam por isso, o que é um grande erro! Quanto mais uma mulher tenta atingir o orgasmo, mais difícil é alcançá-lo, chegando ao ponto em que ela perde o interesse pelo sexo com o tempo, começa a evitar relacionamentos e perturba o relacionamento. É importante aliviar a pressão, relaxar e, o mais importante, se conhecer.

Fique atenta aos fatores que podem ser responsáveis pela fato de orgasmo como :

Fingir orgasmo 

Fingir orgasmo é uma péssima ideia, primeiro porque o seu parceiro pode achar que esta fazendo certinho e maravilhosamente bem e continua da forma errada ou ele acaba percebendo e fica magoado com você o que pode gerar um desconforto na relação e quando você fingi, você fortalece a crença de que você é incapaz de chegar ao orgasmo, ou seja, o seu cérebro passa a acreditar de que você não pode de ter um orgasmo, e se o seu cérebro acreditar nisso, vai ficar quase impossível de você liberar o fluxo que permite o orgasmo acontecer.

• Apego a tabus

A educação rígida e a repressão sexual geram profundos obstáculos ao sexo, que começa a ser percebido como algo ruim e sujo, certamente bloqueia o prazer e tira a concentração da mulher no momento presente.

Estresse

O estresse e as preocupações cotidianas bloqueiam o relaxamento e impedem as mulheres de se concentrar no momento presente. Sexo é um ato físico e emocional, para que o prazer flua, seu corpo físico deve funcionar bem, mas fatores psicológicos também são fundamentais.

• Falta de atratividade

Esse fator é mais constante em mulheres que sofrem de anorgasmia secundária, ou seja, mulheres que atingiram o orgasmo facilmente no passado, mas agora estão tendo dificuldade de atingir o pico de prazer. É natural que toda a química e o desejo de iniciar um relacionamento esfriem com o tempo, mas será difícil chegar ao orgasmo a menos que você guarde o sentimento de atração por seu parceiro. Noites românticas, surpresas eróticas e notícias na cama são ótimas estratégias para despertar o desejo de um relacionamento.

• Vagina flácida

A área íntima consiste em uma estrutura muscular chamada assoalho pélvico. Essa estrutura começa a desaparecer após os 20 anos. Isso significa que, em média, a partir dos 20 anos, as mulheres que nunca exercitaram os músculos vaginais tendem a apresentar flacidez vaginal. Quando a vagina está mais flácida, a sensação de penetração do pênis é menos intensa, tanto para o homem que percebe essa flacidez quanto para a mulher. Com o canal vaginal mais largo, a penetração é menos agradável. A ginástica íntima também é uma ótima prática para tratar e prevenir esse problema

No meu curso de pompoarismo que é todo on-line você terá a oportunidade de transforma sua vida sexual .

Saiba que você é merecedora do prazer e da felicidade e não deixe que nada interfira na sua realização afetiva e sexual

Beijos ate a próxima

Mirna Zelioli – Formada em pedagogia e sexóloga em formação e palestrante em vendas. Gestora comercial, sensual coach, empresária do mercado erótico, criadora do projeto SAT (Sexualidade Amor pra Todos), Projeto de Inclusão, projeto CEL (Coragem e Empoderamento e Libertação).