Santa Casa de Olímpia recebe R$ 650 mil e Prefeitura anuncia ampliação de leitos

A Prefeitura de Olímpia e a Câmara Municipal anunciaram que farão um repasse de R$ 650 mil para a Santa Casa do município, possibilitando que o hospital faça investimentos. A cidade está inserida na região de Barretos, que possui 96,6% de ocupação nas UTIs para pacientes com Covid-19.

O montante é composto por R$ 400 mil em recursos da Câmara Municipal, referentes à antecipação da devolução do duodécimo orçamentário da Casa de Leis ao Executivo e mais R$ 250 mil de recursos próprios da Prefeitura, destinados por meio de suplementação da secretaria de Saúde.

Dhoje Interior

O ato de entrega simbólica foi realizado em um encontro breve e restrito no auditório da Santa Casa, no fim da tarde desta quarta-feira (19), com a presença do prefeito Fernando Cunha; do vice e diretor técnico da Santa Casa, Dr. Fábio Martinez; do Presidente da Câmara, vereador José Roberto Pimenta (Zé Kokão); do provedor do hospital, Luiz Alberto Zaccarelli; vereadores, secretários municipais e imprensa.

Os recursos viabilizados serão destinados à entidade com a finalidade de adquirir equipamentos necessários para a estruturação e operação de cinco novos leitos de UTI Covid, ampliando desta forma a capacidade de atendimento intensivo do hospital. No início da pandemia, a Santa Casa contava com apenas dois leitos de UTI e oito de enfermaria, sendo que, com os investimentos, o hospital contará com 20 leitos de UTI e 25 de enfermaria.

“Para instalar leitos de UTI o custo é grande e o hospital não tem recursos suficientes para bancar isso sozinho. Então, em uma iniciativa zelosa do prefeito Fernando Cunha, com apoio da Câmara, nós estamos aqui fazendo essa pactuação para implantação de mais cinco leitos de UTI, que vão nos ajudar no atendimento da Covid. Já estamos com os orçamentos e vamos dar sequência aos trâmites para aquisição dos respiradores, monitores e demais equipamentos necessários e temos a previsão de ter tudo pronto até o fim de junho”, declarou o provedor Zaccarelli.

.Além da estruturação da Santa Casa, a Prefeitura informou que o município recebeu seis novos monitores para a UPA 24 horas, que são equipamentos para leitura dos sinais vitais do paciente, indicando em tempo real para a equipe médica, através das informações na tela e de alarmes visuais e sonoros, essenciais para o monitoramento. Os aparelhos foram adquiridos com recursos próprios e serão utilizados juntamente com os respiradores da UPA, incluindo os doados pelo Projeto “INSPIRE” da USP.

Da REDAÇÃO