Saiba como está a cobertura vacinal contra a Covid na região; Mendonça lidera

Com 4.615 primeiras doses e doses únicas aplicadas contra a Covid-19 até esta segunda-feira (16), a cidade de Mendonça registra uma cobertura vacinal de 83,5%. O índice coloca o município como 19º no ranking de vacinação do Estado de São Paulo, sendo o município mais bem posicionado da região. O ranking conta com 645 cidades.

Outras 15 cidades da região tiveram a cobertura vacinal analisada pela reportagem do DHoje, com base nos dados disponibilizados pelo Vacinômetro do Governo de São Paulo. Destas, apenas Mendonça apresentou um índice superior a 80%. Cedral (42º no Estado), com 79,4% de cobertura, e Mirassolândia (86º), com 75,7% aparecem na sequência com os melhores números.  Já as cidades com as coberturas mais baixas foram Ubarana (62%), Nova Granada (66,7%) e Monte Aprazível (67,2%). A média de cobertura vacinal nas cidades na região foi de 73,9%.

Dhoje Interior

O coordenador de saúde de Mendonça, João Bazotti, destacou o trabalho das enfermeiras Lívia, Alana, Rose, Angélica e Josiane no trabalho de aplicação das vacinas. O município contou com apenas um posto de vacinação durante toda a campanha.

“Tivemos um planejamento bem eficiente, que contou com agentes visitando as casas dos munícipes, o que possibilitou mapear quantas pessoas de cada faixa etária teriam direito de receber a vacina. Destaco também o nosso trabalho para evitar o desperdício de doses. Nós utilizamos bem a sobra dos frascos e estimo que com isso a gente tenha conseguido fazer mais de 400 aplicações”, comentou Bazotti.

O efeito da vacinação já impactou no número de casos de Covid-19 na cidade. “Nossa último paciente internado grave foi há quase dois meses. Não temos ninguém aguardando por leito na fila de espera. Hoje temos em média 10 casos por semana”, afirmou o coordenador.

Bazotti citou ainda que os moradores estão sendo convocados para tomar a segunda dose e que o município aguarda a chegada de um nova remessa para iniciar a vacinação em menores de 18 anos.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior