Rio Preto tem queda de mais de 60% nos casos de Aids em 2020

Foto: Guilherme Batista

Nesta terça-feira, 1 de dezembro, é celebrado o Dia Mundial de Combate à Aids.          Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 900 mil pessoas tenham HIV, sendo que 766 mil foram diagnosticados com Aids. Em São José do Rio Preto a cidade registrou em 2020 o menor número de diagnósticos em cinco anos.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, com base nos números do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), foram diagnosticados 112 casos de HIV neste ano. Dentre esses casos, 69 foram testaram positivo para Aids. O número representa uma queda de 62,1% em relação ao ano de 2019, quando foram contabilizados 111 casos. Vale ressaltar que ter HIV não significa necessariamente que a pessoa desenvolverá Aids.

Dhoje Interior

A enfermeira e gerente de serviços ambulatoriais especializados, Maria Amélia Zanon, explicou que a pandemia teve impacto nesta diminuição. “Por conta da Covid-19, tivemos uma redução na oferta de testes para HIV. Além disso, por conta do isolamento social, a procura por diagnóstico também foi reduzida. Ainda assim, não deixamos de atender ninguém que nos procurou”, comentou.

Segundo os dados da Saúde, os homens são mais afetados com Aids, sendo responsáveis por 54 dos 69 diagnósticos de 2020. Desde 2016, 762 homens e 129 mulheres contraíram o HIV em Rio Preto. As duas faixas etárias mais afetadas são dos 20 aos 29 anos e dos 30 aos 39. “Essa é a faixa considerada sexualmente ativa, por isso ocorrem mais casos. Acredito que esses casos ocorram não pela falta de informação, e sim pela falta de percepção da gravidade da doença”, afirmou Maria.

A utilização de preservativos é considerada a melhor forma de prevenir a doença. Não existe uma periodicidade recomendada para a realização dos exames, mas é recomendado que quem nunca fez o teste na vida procure fazer. “A Aids é uma doença silenciosa e quando a pessoa começa apresentar sintomas ela já está em um estágio avançado. O diagnóstico precoce faz a diferença no tratamento, sendo possível realizar o gerenciamento de risco. Além das relações sexuais, o compartilhamento de seringas também pode transmitir o vírus”, afirmou a gerente.

Testagem

A Secretaria de Saúde iniciou nesta segunda-feira (30) a 13ª edição da campanha Fique Sabendo, que pretende intensificar a testagem para as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) até o dia 4 de dezembro.

As testagens serão realizadas em 24 unidades básicas de saúde – as unidades respiratórias não participam da campanha – com testagens das 8h às 15h. Também haverá testagem nas áreas de atuação das equipes do consultório na rua, no Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/Aids (CTA), das 7h às 16h, além de oferecimento e orientação do auto teste e insumos de prevenção.

O caminhão da Saúde (URDI) também estará em pontos estratégicos para testar a população local. Veja as datas e locais:

– 01/12: Clínica Suriel – Rodovia Décio Custódio da Silva, nº 1 Fazenda S. Pedro (das 8h às 12h).

– 02/12: Clínica Novo Mundo – Rua Maria Patriarca Banhossi 2450 – Jockey Club (das 8h às 12h).

– 03/12: Clínica Esperança de Vida – BR 153 KM 73 Sítio Sonhos do Vovô (das 8h às 12h).

– 04/12: Clínica Raio de Luiz – Rua Vilibaldo Urias Gomes 552 – Jockey Club (das 8h às 12h).

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior