Rio Preto segue estado e vai deixar de exigir máscara em locais abertos

Foto Divulgação

O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (24) que a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre deixará de vigorar a partir do dia 11 de dezembro. Seguindo a determinação estadual, a Secretaria de Saúde de Rio Preto também informou que não haverá mais a exigência de máscaras em locais abertos a partir de 11/12.

A Saúde, no entanto, recomenda que a população continue usando máscara até o avanço da cobertura vacinal. Segundo o Vacinômetro, o município já aplicou 814.330 doses da vacina contra a Covid-19, sendo: 396.742 primeiras doses, 354.758 segundas doses e 50.956 doses adicionais. Outras 11.874 receberam doses únicas.

Dhoje Interior

“Ao ultrapassar os 75% da população totalmente imunizada, o Governo de SP vai retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre a partir do dia 11 de dezembro”, destacou Doria na coletiva. “Tomamos esta medida baseados em evidências científicas, que demonstram queda superior a 90% de internações em relação ao pico da pandemia, e a aceleração da vacinação no Estado que mais vacina no Brasil”, completou.

O novo decreto que tratará da flexibilização do uso de máscaras deve ser editado e publicado no Diário Oficial do Estado nas próximas semanas. “Nas áreas internas e nas áreas de transporte público, inclusive nas estações, mesmo que a céu aberto, o uso de máscara continuará sendo obrigatório”, pontuou o Governador.

“Devemos dar nos próximos dias um importante passo com relação a flexibilização do uso de máscaras, mas precisamos manter importantes cuidados e ter cautela, como a higienização das mãos e o uso da proteção facial em ambientes fechados e no transporte público. Além disso, é fundamental que quem ainda não tomou a segunda dose da vacina, retorne aos postos de saúde para se imunizar e termos assim uma população mais protegida”, destacou o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior