Rio Preto registra o maior saldo de geração de empregos desde janeiro

Foto Divulgação

O Ministério da Economia divulgou nesta quinta-feira (26) os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de outubro. São José do Rio Preto registrou o maior saldo de vagas criadas em 2020, com 1.294 empregos gerados. O número representa um aumento de 88,6% em relação ao mês de setembro.

Foram 5.704 admissões no período, sendo o maior índice desde janeiro, quando a cidade teve 5.937 contratações. Já em relação ás demissões, foram 4.410 desligamentos feitos no mês passado. No acumulado do ano são 43.253 admissões contra 46.113 demissões, com um saldo negativo de 2.860 vagas perdidas.

Dhoje Interior

“Essa melhora na economia já era esperada, pois o último trimestre do ano é tradicionalmente o período que mais emprega. É essencial terminar 2020 em ascendência, pois se terminar de forma estável ou em queda, vai demorar para engrenar em 2021”, comentou o economista José Mauro da Silva.

O setor de serviços foi o principal responsável pelo crescimento foi o comércio, com 2.013 contratações e um saldo de 485 vagas criadas. Já o de serviços, apesar de ter um saldo menor de empregos com 321 vagas, teve o maior índice de admissões com 2.135 contratações. No entanto, no acumulado do ano, tanto o comércio quantos os serviços registram saldo negativo. Vale ressaltar que a indústria teve o mesmo saldo que o de serviços, com 903 contratações e 582 desligamentos.

“O setor de serviços depende muito das relações com pessoas, então pode ser que demore mais para que ele volte ao saldo positivo por conta da pandemia. Já o comércio tem a possibilidade de se recuperar mais rápido por conta das vendas de fim de ano. Os dois setores são a vocação e os pilares da economia de Rio Preto”, afirmou o economista.

Em âmbito nacional foram criadas 394.989 vagas com carteira assinada. resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos. Também houve saldo positivo em todos os estados, com destaque para São Paulo (119.261 novas vagas), Minas Gerais (42.124) e Paraná (33.008).

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior