Rio Preto: Arma de policial é furtada dentro de casa em condomínio

Foto ARQUIVO/DHOJE

Um adolescente de 16 anos foi para delegacia depois de furtar e repassar ao colega uma pistola .40, carregada com 14 munições, ontem (29), em casa dentro do residencial Vila Borghese I, que fica no jardim Alice de Rio Peto. O dono da arma é um cabo da Polícia Militar que também mora no condomínio.

Segundo informações do boletim de ocorrência, policial acredita que o revolver foi levado ainda de manhã quando não havia ninguém na residência, ele sentiu falta da ferramenta quando chegou em casa por volta 18h30, final de expediente.

Dhoje Interior

Em seguida acionou outros companheiros pelo 190, uma equipe da CAEP – Companhia de Ações Especiais, foi até sua residência checar o furto, feito buscas chegaram até P.H.S.L que também é um dos moradores, famoso nas redondezas por ser usuário de drogas e fazer pequenos furtos.

Imagens registradas pelo circuito de segurança, (não divulgado), é possível enxergar o momento em que o adolescente que mora no condomínio, aparece carregando uma sacola preta de papelão, no mesmo horário compatível que arma do cabo havia sido furtada.

Os policiais foram então na residência do adolescente, que em conversas negou qualquer participação no crime, mas diante das evidencias acabou confirmando que entrou na casa do PM na intenção de pegar a pistola, que estava na cadeira de uma mesa que fica na sala.

Para entrar na casa da vítima o adolescente disse que fez uma cópia da chave, que de costume o policial deixa em cima do muro na frente da casa. A arma foi vendida por R$ 50,00 a um jovem de 19 anos, Y.L.C, que mora em casa de fundos no jardim Anielli. Ele prometeu ao vendedor da arma que iria lhe dar mais dinheiro pela mercadoria mais tarde.

Na casa do receptador a mãe disse aos soldados, que o filho não estava e também não sabia onde poderia ser encontrado. A polícia em contato com o pai do adolescente que furtou arma, disse que o garoto seria levado ao plantão policial. Enquanto a ocorrência estava sendo apresentada a mãe do adolescente que ficou com a pistola roubada, ligou para os policias dizendo que tinha conversado com o filho e que ele também acabou confessando a receptação.

Falou que o filho estava arrependido e que havia jogado a arma dentro de uma caixa d’água do bairro, Eldorado, região norte da cidade, na rua Martino Rossi. Foi então localizada cheia de balas sem uso e devolvida ao verdadeiro dono. O adolescente apreendido foi liberado aos pais.

DA REPORTAGEM

Colaborou: Guilherme Ramos.