Rio Preto pode ter regras mais rígidas para conter avanço da Covid-19

O prefeito de Rio Preto Edinho Araújo (MDB) reuniu o secretário de Saúde Aldenis Borim, o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) e o secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi (PSDB) para debaterem medidas visando reduzir a taxa de contaminação da Covid-19 no município.

“Nós temos discutido isso todos os dias, ainda temos leitos porque utilizamos novas Unidades Básicas para adaptar leitos de enfermaria e uti covid, eu solicitei a presença do secretário Aldenis para discutirmos com o Rodrigo e com o secretário Vinholi o avanço da pandemia e agora vamos debater também com a DRS para tentar equacionar a situação nesse momento que é crítico”, afirmou o prefeito.

Dhoje Interior

Questionado sobre a possibilidade de endurecer o funcionamento de atividades econômicas, impondo restrições superiores ao determinado para a fase laranja do Plano São Paulo, o prefeito afirmou que irá analisar todas as situações para evitar que o sistema entre em colapso.

“Nós estamos trabalhando muito pra que tenhamos o controle da situação, é isso que me move há um ano, mas precisamos do apoio da população para evitar aglomerações para que não venhamos a ter colapso da rede e todos possam ser atendidos, nós temos que ter essa preocupação, quanto mais ampliar a rede, melhor será o atendimento, mas chega um momento que o crescimento é tão grande que temos dificuldades financeiras”, ressaltou.

A preocupação com os avanços dos casos e a possível chegada da nova variante do vírus ao município tem resultado em grande preocupação aos gestores municipais. “Nós estamos vigilantes, atentos, mas sabemos que a cepa que está circulando na região de Araraquara pode já estar presente, mas aqui ainda não temos o fato consolidado, mas nós estamos preocupados, eu te diria com toda franqueza, muito pr28eocupados e tentando ver o quê podemos fazer, pois não são só recursos que são necessários, no mercado faltam matéria prima e equipamentos, então temos que pedir pra Deus e para a população para que faça a sua parte”, finalizou.

O vice-governador Rodrigo Garcia afirmou que o governo do estado está trabalhando para ampliar a disponibilidade de leitos de UTI. “O governo vem ampliando os leitos, seja com o Hospital de Base, com as Santas Casas de toda a região, trabalhamos com prioridades regional, e todos os leitos disponíveis o governo estadual está habilitando e assumindo os seus custos, pra que a gente possa atender esse novo momento da pandemia”, afirmou.

Ainda segundo Rodrigo Garcia, o corte do Ministério da Saúde dos repasses para custeio de leitos de UTI pode agravar ainda mais a situação dos municípios. “Infelizmente o governo federal está tirando recursos do combate a pandemia, recursos que estão fazendo falta, muitas cidades que abriram hospitais de campanha e leitos próprios estão com dificuldades de manter essa rede de assistência, então através do Fórum de Governadores estamos pedindo ao Ministério da Saúde a reabilitação imediata dos leitos, pois no momento o governo do estado está bancando esses leitos, mas temos orçamento limitado”, finalizou o vice-governador.

Por Thiago PASSOS – Redação jornal DHoje Interior