Rio Preto atinge cobertura 70% na segunda dose, mas tem 27,9 mil faltosos

Rio Preto atingiu nesta quinta-feira (21) a cobertura vacinal de 70% para a segunda dosecontra a Covid. Já a cobertura de primeira dose está em 85,69%. Nesta quarta-feira (20), o Shopping Cidade Norte funcionou com o horário ampliado até às 21h. Segundo a Secretaria de Saúde, 726 pessoas foram vacinadas, sendo que 494 foram durante o horário estendido.

“É mais um avanço que a gente comemora, mas poderíamos ter chegado antes a essa cobertura se os faltosos comparecerem aos postos de vacinação”, afirmou a gerente de imunização de Rio Preto, Michela Barcelos.

Dhoje Interior

Segundo os dados do Vacinômetro, Rio Preto já aplicou 746.262 doses, sendo 386.914 na primeira etapa, 314.774 na segunda e 33.024 na terceira. Além disso, 11.550 receberam doses únicas.

O número de faltosos para a segunda dose em Rio Preto está 27.910 pessoas. A Campanha de Vacinação continua nesta sexta-feira (22) para todos os agendados e faltosos da segunda dose e dose adicional, observando o intervalo entre doses de cada fabricante e o público-alvo.

O município continua vacinando com o imunizante Pfizer aqueles que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca. As doses estarão disponíveis nesta sexta-feira apenas no Shopping Cidade Norte, das 8h às 14h. O intervalo entre doses é de 12 semanas.

A aplicação de segunda dose das vacinas Coronavac e Pfizer (cuja primeira dose foi Pfizer) continua no Shopping Cidade Norte, unidades de saúde e demais equipamentos públicos, das 8h às 14h. O intervalo entre doses da vacina Coronavac é de 28 dias, enquanto o da Pfizer é de 21 dias para adultos e 8 semanas para adolescentes.

Já a dose adicional está sendo aplicada nos seguintes grupos: Idosos e trabalhadores da saúde com pelo menos seis meses de recebimento da segunda dose e adultos com alto grau de imunossupressão com pelo menos 28 dias de recebimento da segunda dose. As doses para esse público estão disponíveis no Shopping Cidade Norte e unidades de saúde, das 8h às 14h.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior