Reforma do fórum de Rio Preto pode entrar no orçamento de 2022

Autoridades ontem durante visita ao Fórum de Rio Preto discutindo a necessidade de investimentos e reforma do prédio

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo Carlão Pignatari esteve em Rio Preto nesta segunda-feira, 26, e visitou o Fórum Desembargador Dimas Rodrigues de Almeida, no centro da cidade, a pedido do prefeito Edinho Araújo.

“Temos a honra de receber o presidente da Alesp Carlão Pignatari para discutir a reforma do prédio que é o símbolo da história e da justiça de Rio Preto. Prédio que precisa de uma reforma, já possui um pré-projeto e por isso pedimos a ajuda do Legislativo para concluir essa que é uma reivindicação antiga da população”, disse o prefeito.

Dhoje Interior

A expectativa é que o projeto seja concluído nos próximos meses e que a verba para reforma do prédio já entre no orçamento de 2022.

Durante a visita, o deputado Carlão conheceu as salas de audiência, os banheiros e a estrutura interna do prédio, que foi construído no centro da cidade, no quadrilátero composto pelas ruas Bernardino de Campos, Marechal Deodoro, Voluntários de São Paulo e Delegado Pinto de Toledo.

“Conheci um pouco mais as necessidades do Fórum de Rio Preto e vamos juntos arrumar recursos para concluir a reforma do prédio para dar condições aos que aqui trabalham e para receber melhor as pessoas que aqui comparecem”, afirmou Pignatari.

A juíza e diretora do Fórum Dra. Luciana Cochito falou sobre o anseio pela reforma, mantendo a história do local.

“O desejo da reforma é antigo e necessário. É preciso dar mais qualidade e segurança às pessoas que recebem atendimento aqui”, explicou.

O Juiz diretor da 8ª Região Administrativa Judiciária de São José do Rio Preto Cristiano Jarreta Coelho também acompanhou a visita e reforçou a necessidade de melhorias na estrutura do prédio.

“O prédio carrega a história jurídica da Comarca, local que já foi palco de decisões importantes, fizemos justiça e decidimos a vida de muitas pessoas por aqui. Vamos juntos em buscar de recursos para garantir um prédio digno para a Comarca”, finalizou Jarreta.

O procurador geral do município Luis Roberto Thiesi também acompanhou o prefeito Edinho Araújo.

Da REDAÇÃO