Reeleito em Tanabi, Norair aposta em novo Distrito Industrial para gerar empregos

Norair foi reeleito em Tanabi.

O atual prefeito de Tanabi, Norair Cassiano da Silveira (PSB), foi reeleito para mais quatro anos de mandato. Ele recebeu 5.804 votos, o equivalente a 39,47% dos votos válidos. Junto com ele, Devinha (MDB) foi eleito como vice. A vitória nas eleições foi apertada, já que o segundo colocado Valdir Uchôa (PL) teve apenas 12 votos a menos do que o prefeito, com 39,39% dos votos. A eleição ainda contou com Fabricio Missena (PP) com 14,30% dos votos e Rogério do Bida (PRTB) com 6,83%.

Norair tem 74 anos e assumirá o cargo de prefeito pela 4ª vez. Além do atual mandato, ele administrou o município de 1993 a 1996 e de 2001 a 2004. Norair também foi vereador duas vezes.

Dhoje Interior

O prefeito comentou sobre o resultado apertado nas urnas. “Tivemos alguns fatores excepcionais que os meus adversários souberam explorar, como a pandemia e a forte seca que nós tivemos. Eu sempre falei nos debates que não era só Tanabi que tinha problema com falta da água, tanto que fizemos o possível para evitar o racionamento, perfurando poços e trazendo caminhões pipa para a cidade”, comentou.

Norair também falou sobre os desafios após a pandemia. “Vamos criar um fundo municipal de amparo as famílias em situação vulnerável no município. Além disso, temos um novo Distrito Industrial que só precisa da regulamentação para começar a receber empresas, que terão que ter um número mínimo de funcionários. Nós esperamos gerar de 700 a 1.500 vagas de trabalho dentro de um ano e meio”, explicou.

Vereadores

Três vereadores foram reeleitos na Câmara Municipal de Tanabi: Xandão (PSB) com 865 votos, Gilbertinho Faria (DEM) com 753 votos e Tenente Osmar Canela (PP) com 284 votos.

Já os novatos são Dú Coxinha (PDT) com 828 votos, Dr. Rodrigo (PSB) com 538 votos, Waldir do Zé Baiano (PRTB) com 531 votos, Cocó Magri (PL) com 519 votos, Flavinho da Ivone (MDB) com 509 votos, Doutor Mauro (MDB) com 377 votos, Daiane Nascimento (PODEMOS) com 322 votos e João Vitor O Primo (PDT) com 292 votos.

“Este é o meu quarto mandato e pela primeira vez nossa administração terá a maioria na Câmara. Essa renovação foi necessária, purifica o ambiente e o município ganha com isso”, comentou Norair.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior