Quatro são detidos por tráfico de drogas

Foto: Divulgação/Guarda Civil Municipal

A Polícia Militar de Rio Preto e a Guarda Civil Municipal apreenderam quatro pessoas por tráfico de drogas, na terça-feira (6) e madrugada desta quarta-feira (7), em Rio Preto.

O primeiro caso ocorreu por volta das 12h30min, no Residencial Bom Sucesso. Segundo o boletim de ocorrência, durante patrulhamento pelo bairro, a PM avistou um pintor de 25 anos, já conhecido nos meios policiais, em atitude suspeita.

Dhoje Interior

Com o suspeito, nada de ilícito foi encontrado, mas em seu veículo os policiais localizaram a quantia de R$804 em dinheiro. Questionado, o rapaz confessou que o dinheiro era proveniente do tráfico e disse que em sua residência, próximo ao local, estavam os entorpecentes.

Na casa do suspeito, a polícia encontrou, então, sobre o guarda-roupa do homem, um saco plástico contendo quatro pedras de crack, uma porção de cocaína, uma de maconha, além de uma balança de precisão e um carregador de arma de fogo, municiado com nove cartuchos.

O pintor foi preso e encaminhado à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde permanece à disposição da Justiça.

A segunda apreensão foi por volta das 21h30 min, no Centro da cidade. De acordo com o registro policial, a Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu uma denúncia de que dois rapazes estariam traficando próximo à Praça Dom José Marcondes.

Durante abordagem dos suspeitos, os guardas encontraram 15 porções de maconha e quatro de crack, além de R$90 em dinheiro.

Questionados, os adolescentes, de 16 e 17 anos, confessaram que estavam traficando os entorpecentes no local. Eles foram levados ao Plantão Policial e liberados com a presença dos responsáveis.

O terceiro caso ocorreu nesta madrugada, por volta das 00h30 min, no Jardim América. Segundo o boletim de ocorrência, durante patrulhamento pela rua São Paulo, a GCM avistou dois indivíduos em um local escuro em atitude suspeita.

Ao perceberem a presença da viatura, os suspeitos fugiram, sendo que um foi abordado pelos guardas em um condomínio de prédios próximo ao local. Durante revista, nada de ilícito foi encontrado com o suspeito, um homem de 31 anos. Questionado sobre seu endereço, o rapaz disse que não morava na região e que havia entrado no condomínio apenas para fugir da viatura.

No entanto, o suspeito portava um molho de chaves, que foi testado pelos guardas nas portas do prédio, sendo aberta, então, uma porta de um apartamento, local onde foram encontradas duas pedras de crack em uma cômoda e porções de cocaína, crack, dinheiro e uma balança de precisão no interior de um guarda-roupa.

Foi encontrado também em outro quarto do imóvel um tijolo de maconha. O homem, que era procurado da Justiça, foi preso e permanece à disposição.

Da REPORTAGEM

(Colaborou Arthur AVILA)