Pupo quer por fim as votações secretas na Câmara de Rio Preto

Vereador Renato Pupo, autor do projeto

As chamadas votações secretas podem estar com os dias contados na Câmara Municipal. Projeto de resolução do vereador Renato Pupo (PSDB) prevê o fim das votações do tipo durante sessões no Legislativo.

As votações secretas ocorrem quando os vereadores votam projetos que concedem honrarias, denominações de ruas, títulos de cidadão honorário a pessoas. Por força do atual regimento interno este tipo de votação acontece sem a presença de público no plenário e também não é transmitido pelos canais oficiais de comunicação da própria Câmara.

Dhoje Interior

Em vigor desde 1990, foram várias as tentativas ao longo dos anos de por fim as votações secretas, todas sem êxito.

Segundo Pupo o fim das votações secretas tem como objetivo dar maior transparência aos atos legislativos.

“O voto secreto atenta contra o direito elementar do eleitor em saber como seu representante eleito age em seu nome”, diz na justificativa do projeto.

O projeto será analisado na sessão de terça-feira, 25, no período da tarde.

Raphael Ferrari – Dhoje Interior