Projeto na Assembleia de São Paulo quer barrar aumento do IPVA 2022

Projeto de Lei protocolado na Assembleia Legislativa de São Paulo propõe que não seja feita a atualização da base de cálculo do IPVA para o próximo ano, evitando assim mais um aumento de imposto para os contribuintes do Estado.

De autoria do deputado estadual Ricardo Mellão (Novo), o não reajuste seria uma forma de aliviar a crise econômica e longo período de pandemia, que tem afetado as finanças de milhões de famílias e causado o desemprego de mais de 3,5 milhões de paulistas.

Dhoje Interior

O reajuste anual do IPVA é realizado com base na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – Fipe, que avalia os preços médios dos veículos em setembro do período anterior e o comportamento de taxas de crescimento econômico. De acordo com o projeto, a excepcionalidade só vale para veículos que tiveram valorização de um ano para outro. Para os que apresentaram desvalorização, estão mantidas as regras vigentes.

“O que propomos é que o governo não faça esse reajuste, que pode ultrapassar 28% em 2022, que é um ano de recuperação, e para dar um fôlego para que o cidadão paulista possa se restabelecer economicamente”, afirma o deputado.

Para o autor não faz sentido “um governo que está com um superávit na arrecadação tributária, e já aumentou o ICMS de diversos setores da economia, ter esse incremento arrecadatório a mais”.

Da redação