Prefeitura investe mais de R$ 200 mil em sistema de vigilância para idosos

Foi entregue, nesta terça, um novo sistema de vigilância no Lar dos Idosos de Engenheiro Schmitt. Foram 80 câmeras e uma Central de Monitoramento que, segundo o presidente do Conselho Municipal do Direito dos Idosos (CMDI), Antônio Caldeira da Silva, é um projeto que foi iniciado há cerca de um ano. Ele ainda destaca que é um projeto emergencial apresentado por asilos visando à segurança dos idosos.

Funcionária do setor administrativo do Lar dos Idosos de Engenheiro Schmitt, Camila Janini, disse que, com o monitoramento, os funcionários conseguirão cobrir maiores espaços e saber quando houve um acidente e o que pode ter causado.

Dhoje Interior

“São 60 funcionários divididos em 24 horas de trabalho. São 400 metros quadrados e isso dificulta, por exemplo, saber como foi que um idoso pode ter se machucado, se caiu e, com o sistema, a abrangência se torna maior”, destacou.

Ela ainda lembrou sobre o caso do incêndio que resultou na morte de um idoso no Lar São Vicente em agosto deste ano. “Se um incêndio acontecer, a gente pode saber como teve início, saber onde procurar nossos internos”, detalhou ela que comemorou a conquista oriunda da Destinação Solidária ao Fundo Municipal.

O presidente do CMDI ainda falou a respeito de outras casas que também receberam benefícios, como o Lar Betânia e a Casa de Repouso Esperança. Neste último, por exemplo, foi um instalado um sistema de para-raios.

“Cada projeto foi feito de acordo com as necessidades e espaço físico das instituições. O intuito é colocar os recursos possíveis de acordo com as necessidades, isso vai melhorar o monitoramento destes espaço e contribuir para a segurança dos idosos. É uma grande conquista”, salientou Caldeira.

Médico sanitarista, Caldeira citou a importância de políticas públicas que visem à qualidade de vida do idoso. Ele relembra que o envelhecimento da população tem aumento significativo e é um fato para o nosso futuro.

A secretaria de Assistência Social, Patrícia Lisboa, destacou que o trabalho dos funcionários do asilo também vai ser facilitado. “Facilita o trabalho dos funcionários e a vida dos idosos. Até sensor de cama existe caso algum idoso caia. Um cuidado aprimorado a partir de agora”, disse.

O prefeito Edinho Araújo lembrou da importância da poder público no trato com as pessoas da terceira idade. “Vida digna, respeito e consideração a essa geração de homens e mulheres. Um pacto de gerações. Nossa hora de fazer para estas pessoas”, enfatizou Edinho.

INVESTIMENTOS

De acordo com o Executivo, foram investidos R$ 207 mil, o que seria algo em torno de R$ 1 mil por idoso residente nos lares. O Lar São Vicente de Paula recebeu R$ 61 mil; o Lar de Schmitt R$ 84 mil. Já os Lares Esperança e Bethânia receberam R$ 40 mil e R$ 22 mil, respectivamente.

Por Ygor Andrade