Policiais atendem caso de tentativa de homicídio e acabam sendo desacatados

Um adolescente de 16 anos foi hospitalizado na noite da quinta-feira (16) após ter sido alvejado por dois disparos de arma de fogo às 23h50 no bairro Santo Antônio. Durante o atendimento da ocorrência os policiais militares ainda foram desacatados por um casal de moradores do bairro.

Ao chegarem no local os militares encontraram o jovem já recebendo atendimento médico da equipe do SAMU. O garoto foi atingindo em seu ombro e mão esquerda.

Dhoje Interior

De acordo com o boletim de ocorrência, o adolescente relatou que duas pessoas que estavam em uma moto preta aproximaram-se e um dos desconhecidos efetuou os disparos. O jovem não soube informar as características físicas dos criminosos e nem o modelo do veículo utilizado.

Após o depoimento o SAMU levou a vítima para o UPA Santo Antônio.

Durante o atendimento

Assim que a viatura médica embarcou o adolescente para ser encaminhado para a unidade de pronto atendimento um operador de máquinas de 35 anos impediu com o seu carro que a equipe deixasse o local.

Em seguida o operador também se negou a entregar seus documentos pessoais e ofendeu os militares que por fim o detiveram.

Ao notar que seu marido seria preso, a esposa, uma vendedora de 28 anos, também desacatou e arranhou um dos militares e por isso ela foi algemada e levada para a Central de Flagrantes junto com o seu companheiro.

Na delegacia, após registro da ocorrência, o casal foi liberado. O boletim de ocorrência cita tentativa de homicídio qualificado, resistência, desobediência, desacato e lesão corporal.

Colaborou – Bruna MARQUES – Redação Jornal DHoje Interior