Polícia registra agressões de mulheres contra maridos no fim de semana

Motorista de 40 anos compareceu a Central de Flagrantes na noite do último domingo (07), para relatar que sua esposa, uma motorista também de 40 anos, o agrediu após uma discussão.

Segundo a vítima, o casal andava discutindo muito e o motorista decidiu então alugar um escritório para passar alguns dias. A vítima afirma que sua esposa apareceu e após uma discussão ele foi agredido com socos, tapas e unhadas.

Dhoje Interior

O motorista foi orientado a realizar os exames do IML e caso tenha interesse de manifestar sua persecução penal contra a acusada, deverá comparecer ao Distrito de Área.

Outro caso – Um vendedor de 25 anos compareceu a Central de Flagrantes na tarde do deste domingo (07), alegando que a recepcionista de 23 anos com qual teve filhos gêmeos de um ano e sete meses, o agrediu com unhadas, tapas e socos.

De acordo com o vendedor, a acusada não permite que ele leve os gêmeos para sua casa, apenas que passa um tempo na casa da recepcionista sob sua supervisão. Durante uma visita na segunda-feira (01) da semana passada a recepcionista teria o agredido.

A vítima só compareceu uma semana depois do ocorrido para fazer o boletim, alegando ainda ter lesões aparentes. O motorista foi orientado sobre o prazo para fazer sua manifestação contra a mãe de seus filhos.

 

Colaborou – Bruna MARQUES – Redação Jornal DHoje Interior