Polícia procura encapuzado que estuprou funcionária de asilo em Cedral

Foto: Cláudio LAHOS

A Polícia Civil de Cedral já começou as investigações para saber quem é o autor do estupro contra uma funcionária do asilo de cidade, na madrugada deste sábado, dia 19. A vítima, que tem 39 anos, contou aos policiais também foi agredida e o criminoso levou um celular.

Segundo o delegado Marcelo Ferrari, que acompanha o caso, o criminoso pulou o muro do asilo da cidade e invadiu o quarto da cuidadora. “Ela contou que não sabe quem é porque ele estava de capuz, mas como só relatou isso no Plantão Policial, eu fiz um chamado para ela comparecer novamente a delegacia para maiores esclarecimentos,” diz.

Dhoje Interior

O delegado afirma que equipes da Polícia Civil estão percorrendo ruas próximas ao asilo atrás de câmeras de segurança para encontrar pistas que identifique o criminoso. “Como ele fugiu também com o celular da vítima, já solicitamos para a operadora que rastreiem o chip e aparelho para encontrarmos o autor.”

Nenhum morador do asilo foi agredido durante o ato.

por Franklin CATAN