Polícia Civil desmantela quadrilha que furtava condomínios

Policiais civis do núcleo do 1º, 2º e 5º Distrito Policial de Rio Preto identificaram integrantes de uma quadrilha especializada em furtos a condomínios de luxo. Nesta quinta-feira (3), foi deflagrada operação para desmantelar a associação criminosa. Ao todo foram cumpridos sete mandados de prisão temporária, além de mandados de busca e apreensão. A ação contou com o apoio do Deic / 1ª DISCCPAT (Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio) de São Paulo, onde os mandados estão sendo cumpridos.

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida e três homens presos. Eles estão sendo ouvidos pelo delegado Luciano Birolli e, em seguida, serão encaminhados para a carceragem da Deic, para cumprirem a prisão temporária, prorrogável por igual período. O delegado ainda poderá representar para a prisão preventiva, o que será decidido após o interrogatório dos suspeitos.

Dhoje Interior

Para entrar nos condomínios, a quadrilha usava a adolescente. “Jovem, bonita, bem vestida não levanta suspeitas. Ela diz que vai visitar algum morador, acreditamos que os porteiros são ludibriados e, enganados permitem a entrada, uma falha. A jovem verifica se há alguém na casa, liga de mensagem de vídeo para informar os bandidos. Em seguida, desce, diz para o porteiro que eles estão com ela. O grupo arromba a porta e entra”, conta o delegado Amaury Scheffer de Oliveira Júnior.

Investigação

A investigação teve início após o furto em um condomínio, na rua Silva Jardim, região central de Rio Preto. No dia 29 de outubro, uma idosa de 61 anos, chegou em seu apartamento e a porta estava arrombada. A vítima verificou que os bandidos levaram relógios, joias, entre anéis, correntes e pulseiras, além de bijuterias, uma caixa de som e uma mochila.

Foram identificado seis bandidos e dois receptadores, apontando a participação da quadrilha em pelo menos três ações, além de Rio Preto, Ribeirão Preto e Araxá (MG). No crime praticado em Rio Preto, dois estão presos e a adolescente apreendida.

Em Ribeirão Preto, o apartamento de um médico veterinário, localizado no Centro, foi alvo dos bandidos. Ele chegou em casa, no dia 8 de outubro e estranhou o fato de quase todas as luzes estarem acesas. Ao verificar os quartos viu as postas dos guarda-roupas abertas e gavetas bagunçadas. Em seguida, a vitima constatou o furto de várias joias, como anéis, brincos, gargantilhas, prendedores de gravata e relógios.

No dia 7 de novembro, a quadrilha furtou o apartamento de um casal em Araxá. As vítimas chegaram de viagem e o local estava todo revirado. Para entrar no local, os bandidos arrombaram a porta e levaram videogame, notebook, perfumes, garrafas de vodca e bolsas, além de 50 joias, avaliadas em aproximadamente, R$ 15 mil, cartões de crédito e folhas de cheque, somando em torno de R$ 740 mil. Dois homens foram identificados, um de 39 anos e outro de 44 anos.

De acordo com o delegado Amaury, três homens e a adolescente cometeram o furto em Rio Preto. “Dois estão presos, a adolescente apreendida e apenas um está foragido. Eles estão sendo ouvidos e entregando mais membros da quadrilha”.

A Polícia Civil acredita que a quadrilha possa ter cometidos outros furtos em Rio Preto, por isso as investigações continuam. Os presos irão responder pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa.

A seguir imagens da ação policial nesta quinta-feira:

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior
E-mail: [email protected]