PM de Rio Preto identifica e detém suspeito de ataques à ciclistas na região

Ciclistas mulheres de Rio Preto e região têm sido alvos fáceis para bandidos durante as trilhas de bikes. Só nesta semana dois casos de tentativa foram registrados. O primeiro aconteceu na terça-feira (11) durante uma trilha no final da tarde entre Tanabi e Engenheiro Balduíno. O segundo caso aconteceu nesta quarta-feira (12) quando a ciclista voltava de Mirassol.

Em ambas as histórias as vítimas estavam em grupo e eram as últimas do pelotão. O suspeito teria abordado as ciclistas e levado para o matagal, com o objetivo de estuprá-las. As duas conseguiram gritar por socorro, sendo ouvidas por outros integrantes do grupo que foram salvá-las, inibindo assim, a ação do agressor.

Dhoje Interior

Na tarde desta quinta-feira (13), policiais militares do 52° Batalhão de Polícia Militar do Interior receberam informações sobre os ataques ocorridos em estradas de terra de Mirassol, Bálsamo e Tanabi. Com mais detalhes a PM descobriu a placa do carro do suspeito, posteriormente o endereço registrado no documento, até que chegou no proprietário do veículo.

“O proprietário informou que já havia vendido aquele carro e passou telefone e endereço do novo dono. Pela foto do whatsapp rapidamente seis vítimas já reconheceram o suspeito como sendo o autor das tentativas de estupro”, explica a PM através de nota.

O suspeito é natural do Estado de Sergipe, tem 32 anos, mora, atualmente, em Monte Aprazível e já possui antecedentes criminais tendo sido preso em seu Estado natal por praticar crime sexual.

A ocorrência foi apresentada à Polícia Civil, onde o Delegado responsável pediu prisão temporária, sendo concedida pelo juiz.  O agressor permanece preso à disposição da justiça.

Por Andressa ZAFALON