Pedro Roberto reúne presidentes de Câmaras para discutir Parlamento Regional

O presidente da Câmara de Rio Preto, Pedro Roberto (Patriota) reuniu nesta sexta-feira representantes do legislativo das cidades integrantes da Região Metropolitana para discutir a criação do Parlamento Regional.

Participaram do encontro os vereadores Sônia Beolchi (Presidente da Câmara de Ibirá), Regina Costa (Presidente da Câmara de Mirassolândia), Leonardo Corte (Presidente da Câmara de Bálsamo), Rafael Farinazzo (Presidente da Câmara de Mendonça), Rafael Nizato (Presidente da Câmara de José Bonifácio), Caco Navarrete (Presidente da Câmara de Mirassol), Maurício Palhari (Presidente da Câmara de Irapuã), Alexandre Bertolini (Presidente da Câmara de Tanabi), Luiz Cassiano (Presidente da Câmara de Ipiguá), Toninho Longo (Presidente da Câmara de Guapiaçú), além de representantes dos legislativos de Sales, Neves Paulista e Uchôa.

Dhoje Interior

Pedro Roberto contou ainda com a participação de Silvia Melo, representante da UVESP (União dos Vereadores de São Paulo) e dos vereadores de Rio Preto, Jean Charles (MDB), João Paulo Rillo (PSOL), além de assessores dos vereadores Rossini Diniz (PL) e Cabo Júlio Donizete (PSD).

O presidente do legislativo de Rio Preto falou sobre a importância da união entre os parlamentares da região em torno de propostas que sejam comuns entre as cidades.

“Os parlamentares devem ser valorizados por sermos eleitos e estarmos próximos às pessoas, conhecendo suas demandas”, afirmou durante o encontro.

Pedro destaca que esse foi o primeiro encontro virtual entre os parlamentares, e já agendou um nova reunião para 22 de março, onde será debatido um modelo de regimento de funcionamento para o Parlamento Regional, com a criação das diretrizes, frentes de atuação dos Presidentes e eixos de trabalho. “Foi um primeiro encontro para nos conhecermos e começarmos um processo de integração, a proposta é a união dessas cidades, estamos falando em municípios que juntos reúnem quase 1 milhão de pessoas, com um PIB estimado em R$ 30 bilhões de reais. Esta proposta de montarmos um Parlamento Regional vem justamente para somar e agilizar a região metropolitana a sair do papel”, declarou Pedro.

Duas ações coletivas foram estabelecidas durante a reunião. Uma diz respeito à Moção de Preocupação já protocolada pelo vereador Jean Charles, propondo a criação de uma ala de atendimento à COVID-19, no Hospital João Paulo II em Rio Preto. Foi sugerido que todos os presidentes possam aprovar essa moção em suas Câmaras, havendo adesão de todos. A outra ação é a realização de uma palestra (em data ainda a ser definida) com um representante do Tribunal de Contas do Estado para orientações aos parlamentares sobre suas ações à frente das Câmaras.

Por Thiago PASSOS