Pedreiro é esfaqueado pelo enteado no Santo Antônio

Um pedreiro de 36 anos foi esfaqueado pelo enteado durante a madrugada desta terça-feira (6). O crime aconteceu na casa da família, no bairro Santo Antônio, em Rio Preto. O adolescente, de 17 anos, foi apreendido.

Ontem à tarde o juiz Evandro Pelarin decretou a “internação provisória” do adolescente. Agora, o processo terá 45 dias para ser concluído. Nesse prazo, o juiz ouve o adolescente e testemunhas e, ao final, se confirmada autoria, pode decretar a “medida socioeducativa internação”, cujo prazo máximo é de 3 anos.

Dhoje Interior

Crime – Na hora do crime, a Polícia Militar foi acionada para atender um caso de desentendimento familiar e, no trajeto, encontrou o adolescente caminhando ensanguentado. Ao avistar a viatura, ele, então correu, mas acabou detido logo à frente.

De acordo com o boletim de ocorrência, o adolescente confessou aos policiais que havia desferido golpes de faca no padrasto e alegou que foi para defender a mãe dele, que estava sendo ameaçada. À PM, ele disse que sua intenção era, realmente, matá-lo, e que após a primeira facada na região do abdome, “puxou as vísceras da vítima para fora”.

A vítima foi socorrida à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santo Antônio e, depois, encaminhada ao Hospital de Base. A assessoria de imprensa do HB informou que ele passou por cirurgia, segue internado e sem previsão de alta.

A PM informou no registro policial que, inicialmente, não conseguiu contato com a família do pedreiro, por questões de segurança do adolescente, já que eles estavam revoltados com o crime.

O adolescente foi levado à Central de Flagrantes e encaminhado à carceragem da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) e à tarde à Fundação Casa.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior

E-mail: [email protected]