Operação Integrada Rodovida começa hoje na BR-153

Esta será a oitava edição da ação, que integra esforços de vários órgãos públicos da União, Estados e Municípios para a redução de mortes no trânsito

Começa hoje a Operação Integrada Rodovida 2018/2019, realizada pela Polícia Rodoviária Federal. O objetivo da ação é diminuir as mortes e violência no trânsito brasileiro. A operação é uma ação do governo federal, comandada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da PRF, com apoio da Presidência da República, Casa Civil e dos ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes.

Dhoje Interior

De acordo com Flávio Catarucci, da PRF de Rio Preto, a ação será dividida em dois períodos. “O primeiro irá da segunda quinzena do mês de dezembro até o fim de janeiro, de 14 de dezembro a 31 de janeiro de 2019. Já o segundo período será entre 22 de fevereiro até 09 de março de 2019. Todo o período será caracterizado pelo aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais em função das férias escolares e das festas de Natal, Ano Novo e Carnaval. Nesse período, além da preocupação em garantir aos usuários das rodovias federais a segurança, o conforto e a fluidez do trânsito, a PRF está engajada também, no Programa da Organização das Nações Unidas (ONU), Década Mundial de Segurança Viária 2011/2020, cuja meta prioritária é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito, recepcionado pelo governo brasileiro em maio de 2011, por intermédio do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes no Trânsito (Pacto pela Vida)”.

Durante o período da operação, a PRF intensificará as ações de fiscalização, focadas principalmente para coibir as condutas de ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, consumo de álcool, atropelamento de pedestres e trânsito irregular de motocicletas.

Dados do ano anterior, mostram redução nos acidentes e mortes em rodovias federais. Foram contabilizados 2.930 feridos graves contra 3.012 registros na operação 2016/2017, uma redução de 2,7%.

Mesmo com as ações educativas e fiscalizações em pontos estratégicos, os órgãos envolvidos contabilizaram 13.606 acidentes; uma redução de 7,7% em comparação a Operação de 2016/2017, quando foram registrados 14.739. Esses acidentes foram responsáveis por 913 vítimas fatais; redução de 14% em relação a operação anterior, quando foram registrados 1.063 óbitos.

Ao todo 585.481 pessoas foram fiscalizadas pela PRF durante o período de Operação. As fiscalizações resultaram em 418.196 autuações – 3.205 de alcoolemia, 28.708 por falta do uso de cadeirinha e 53.101 por ultrapassagens irregulares. Durante a edição 2016/17 da Operação ocorreram 514.013 autuações.

Jaqueline BARROS