Operação autua nove estabelecimentos em Rio Preto

A Guarda Civil Municipal (GCM), junto com a Vigilância Sanitária e a Vara da Infância e Juventude, realizou na noite desta sexta-feira (15) uma operação para fiscalizar estabelecimentos que estavam descumprindo as regras da quarentena e provocando aglomeração.

Segundo a GCM, foram 16 locais denunciados e fiscalizados, incluindo bares, restaurantes e até igrejas. Nove foram autuados. As irregularidades encontradas foram limite acima da capacidade, horário além do permitido e falta de distanciamento e uso de máscara entre os clientes.

Dhoje Interior

Em um serv festas, a GCM identificou a presença de três menores no local. Eles e o proprietário foram conduzidos até a Central de Flagrantes. Os menores foram liberados aos responsáveis. Já o proprietário vai responder pelo artigo 268, por propagar doença contagiosa e será autuado.

“Intensificamos a fiscalização, pois diante do quadro que estamos é preciso combater ainda mais as irregularidades. As operações vão continuar neste e nos outros finais de semana. O momento agora é ainda mais de conscientização dos estabelecimentos e da população” , afirmou o diretor da GCM, Vitor Cornachioni.

“Fomos para a fase laranja do plano São Paulo. Os hospitais estão com mais de 70% da capacidade, reflexo das festas de fim de ano. Se não apertarmos o cerco agora e a população não fizer a sua parte, a situação pode ficar pior”, afitrma.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior