Olímpia recebe remessa de seringas e agulhas para vacinação

A Secretaria de Saúde de Olímpia informou nesta quarta-feira (13) que recebeu do Governo de São Paulo cerca de 18 mil insumos exclusivos para a Campanha de Vacinação Contra o Coronavírus, entre seringas e agulhas, para garantir a aplicação de doses numa primeira etapa.

Além destes materiais, o município possui em estoque ainda 39 mil unidades de seringas e 45 mil agulhas, sendo que, mensalmente, são utilizadas em média seis mil para a vacinação de rotina.

Dhoje Interior

Segundo o Plano Estadual de Imunização,  apresentado na última semana, a previsão é de que a aplicação tenha início no dia 25 de janeiro, com a expectativa de aprovação da vacina pela Anvisa. Na fase inicial, o plano estima que sejam vacinadas 9 milhões de pessoas, entre profissionais de saúde, cidadãos com 60 anos ou mais, grupos indígenas e quilombolas.

Diante desta definição do calendário estadual, em Olímpia, a prefeitura solicitou um levantamento sobre o grupo prioritário junto ao banco de dados do Cartão Cidadão. Dessa forma, de acordo com o cadastro municipal, o público-alvo da 1º fase de vacinação deve contemplar mais de 10.200 moradores, com o recebimento de duas doses entre os dias 25 deste mês e 28 de março.

Além disso, o município já vem organizando os pontos de vacinação nas Unidades de Saúde e também na Avenida dos Olimpienses, que deve oferecer a imunização em formato presencial e no modelo drive-thru.

Para o recebimento das doses após a aprovação, a Prefeitura conta com três câmaras de refrigeração específicas no estoque central e mais quatro refrigeradores comuns, que são utilizados para armazenar as vacinas de rotina, bem como equipamentos para reserva também nas Unidades de Saúde. O município está providenciando ainda a instalação de um gerador automático para evitar risco de perda das doses, em caso de quedas de energia.

“A vacinação contra a Covid é a conquista mais esperada dos últimos meses e, por isso, já estamos preparando nossa cidade para que o município esteja pronto para começar a vacinação assim que a vacina for liberada pelos órgãos competentes e enviada aos municípios. Estamos acompanhando o processo de aprovação e permanecemos em tratativas com o Governo do Estado e também com o Governo Federal para que possamos garantir uma vacinação eficaz e segura aos olimpienses, o mais breve possível”, ressaltou o prefeito Fernando Cunha.

Da REPORTAGEM