Olímpia está sendo preparada para receber a 55ª edição do Festival do Folclore

Além das apresentações e espaços culturais que a festa proporciona, na parte superior do recinto os visitantes podem aproveitar um parque de diversões e diversas opções gastronômicas presentes em dezenas de barracas, com vários tipos de comidas (Foto: Isabela Martins)

A preparação para o 55º Festival do Folclore da Estância Turística de Olímpia está a todo vapor. O Recinto de Exposições e Praça de Atividades Folclóricas e Turísticas ‘Professor José Sant´anna’ está ganhando cores e adereços para receber a sua maior festa, que começa neste sábado, dia 3, e segue até o dia 11 de agosto.

As flores, especialmente orquídeas, são também tema desenvolvido pela equipe de decoração da Comissão Organizadora, já que, neste ano, se comemora o Jubileu de Orquídea em homenagem aos 55 anos de festa.

Dhoje Interior

Outros elementos decorativos, que não poderiam faltar, são os personagens do folclore brasileiro. Saci Pererê, Mula sem Cabeça, Iara, Curupira e Boitatá, que são as tradicionais figuras lendárias, estarão espalhados pelo Recinto para dar o tom de uma das maiores festas populares do país.

Segundo a Comissão Organizadora, o intuito é encantar os visitantes do Festival do Folclore, com uma decoração leve, cheia de cores e movimento, e que remete à cultura popular brasileira.

O palco principal que fica na arena do Recinto está quase pronto para receber os grupos com apresentações todas as noites. E pelo terceiro ano consecutivo, o festival contará também com o Palco B, instalado próximo à entrada principal, com programação noturna entre os dias 3 e 10 de agosto, levando dança e cultura ao público que estará circulando pelo espaço.

Além das apresentações e espaços culturais que a festa proporciona, na parte superior do Recinto os visitantes podem aproveitar um parque de diversões e diversas opções gastronômicas presentes em dezenas de barracas, com vários tipos de comidas.

A barraca de doces da dona Edna já é famosa no Festival, há mais de 10 anos participando desta grande festa. Ela sai todos os anos da cidade de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, para vender diversos tipos de doces caseiros, como cocada, doce de leite, moranguinho e maçã do amor. E as vendas são ótimas:

“Teve ano que reservamos mais de 100 caixas de morangos para preparar os doces e não deu. Tendo base nisso estamos muito esperançosos com as vendas deste ano, acredito que venderemos muito”, declarou.

Em 2019, o evento receberá representantes de 14 estados. A expectativa é de que cerca de 130 mil pessoas passem pelo Recinto no decorrer do evento.

(Colaborou Isabela MARTINS)