Olímpia abre renegociação de dívidas para contribuintes inadimplentes na segunda

A partir da próxima segunda-feira, dia 12 de julho, os contribuintes da Estância Turística de Olímpia e dos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu, que possuem algum débito com o município, poderão regularizar sua situação.

Isso porque a Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, por meio da secretaria de Planejamento e Finanças, irá promover uma nova edição do Programa “Olímpia Cidadão em Dia”, destinado, a oferecer incentivo para quitação de dívidas a fim de diminuir o índice de inadimplência dos contribuintes, que vem crescendo nos últimos anos.

Dhoje Interior

A iniciativa é destinada aos contribuintes que tenham débitos vencidos até 31 de dezembro de 2020 como ISSQN, IPTU, taxas e multas de postura. Além disso, quem já tem um parcelamento em exercício com a Prefeitura e está quitando sua dívida, pode renegociá-la com os benefícios do programa. Vale ressaltar que os descontos não são sobre o valor dos tributos, mas sim sobre os juros e multas gerados pela inadimplência.

Com o programa, o contribuinte poderá quitar seus débitos à vista ou em até 12 parcelas com progressão de descontos em juros moratórios, multas e honorários advocatícios, sendo que a parcela mínima será de R$ 100,00. Assim, quem optar por pagar em uma única parcela terá desconto de 100% dos juros moratórios, multa e honorários advocatícios. Caso o pagamento seja feito em até seis parcelas, o cidadão terá desconto de 80% e, se o parcelamento for em até 12 vezes, o desconto será de 60% sobre os mesmos custos.

O prazo vai até o dia 17 de setembro e, para aderir ao programa, o contribuinte deverá procurar o setor de Atendimento ao Cidadão (Rua 9 de Julho, 1054 – Centro), durante o período de vigência, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, levando RG, CPF e comprovante de residência atualizado.

Esta é a terceira edição do Olímpia Cidadão em Dia. Em 2017, a primeira edição firmou contratos com mais de 1.300 contribuintes, renegociando cerca de R$ 7 milhões em dívidas. A segunda, em 2019, beneficiou mais de 1.700 cidadãos e arrecadou cerca de R$ 3 milhões. Segundo levantamento da secretaria de Planejamento e Finanças, a dívida ativa do município é de cerca de R$ 60 milhões. Com o “Olímpia Cidadão em Dia” de 2021 a expectativa é de arrecadar R$ 2,5 milhões, entre este ano e o exercício de 2022, uma vez que os débitos podem ser parcelados em até 12 vezes.

“O programa de regularização de dívidas não é uma necessidade de caixa para o município, porque ainda estamos bem equilibrados financeiramente, mas sim, uma oportunidade para que os cidadãos que estão em débito, se regularizem, pensando ainda que muitos foram penalizados pela pandemia, evitando que sofram consequências judiciais futuras, como ter o nome negativado, ficar impedido de fazer diversos parcelamentos, ter os bens penhorados, contas bloqueadas e até perder o imóvel. Esperamos ter uma boa adesão para reverter também este recurso em contribuições para benefício da população”, destacou o prefeito Fernando Cunha.

Colaborou Maria Paula Andrade – Da Redação Jornal Dhoje Interior