Ocupação em UTIs continua subindo e Saúde prepara abertura de leitos

André Baitello - Assessor especial da Saúde

A taxa de ocupação de leitos de UTI na região de Rio Preto teve um novo aumento nesta terça-feira (12). De acordo com o Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados e Estatísticas) o índice subiu em 1,4 ponto percentual nas últimas 24 horas, chegando a 67,4%.

Com as mudanças nas regras do Plano SP, o limite para permanecer na fase amarela é de 70% de ocupação. “A taxa de ocupação da UTI na região de Rio Preto está muito preocupante. Nós estamos chegando próximo a 70%. O município vem se estruturando para aumentar a capacidade de atendimento”, afirmou o assessor especial da secretária de saúde de Rio Preto, André Baitello.

Dhoje Interior

Ainda segundo ele, foi aberta uma UBS para atendimento primário dos casos mais leves e o município já se estrutura para abertura de novos leitos. “Esperamos também que o Estado acompanhe essa nova abertura de leitos para conseguirmos manter um atendimento de qualidade para os pacientes de Rio Preto e região.”

A ocupação em enfermarias também subiu e está em 51,4% e está com uma média de 69 internações por dia. Nas últimas 24 horas, só o município de Rio Preto registrou um aumento de 20 internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), com 117 na UTI e 223 na enfermaria, ultrapassando o índice de 70% de ocupação em UTI. Dentre os casos confirmados de Covid-19, são 73 pacientes na UTI e 108 na enfermaria.

Principal hospital nos atendimentos de rio-pretenses, a Santa Casa conta atualmente com 87 pacientes internados, sendo 45 em UTI (90% de ocupação). Já no Hospital de Base são 213 internações com 97 pacientes em UTI (66,8%).

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior