“Não temos mais estrutura”, diz diretor da Funfarme sobre internações

O diretor-executivo do Complexo Funfarme, que abrange o Hospital de Base e o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), Jorge Fares, gravou um vídeo nesta sexta-feira (26) falando sobre o aumento das internações de pacientes por Covid-19 no local nos últimos dias. Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 93%.

“Cresceu muito número de internações nos últimos dias, não só no HB, como na Santa Casa e nos hospitais privados. Há a previsão de estourar a ocupações das instituições nos próximos dias e não há chance de aumentar o número de leitos, pois as outras doenças continuam acontecendo. A população continua tendo acidente, infarto, AVC e não dá pra acabar com esses leitos”, afirmou Fares.

Dhoje Interior

O diretor ainda citou a transferência de pacientes que o Hospital de Base recebeu ao longo do mês de fevereiro. “Hoje nós temos 10 pacientes que vieram de Araraquara, Araçatuba e Bauru, mas o restante são daqui, com 28 de Rio Preto, 13 de Mirassol, 11 de José Bonifácio, oito de Tanabi, cinco de Nova Granada, seis de Potirendaba e assim vai. São pacientes de UTI e não tendo estrutura vem para cá. Nós não temos mais estrutura e outros hospitais também chegando no limite”, comentou.

Fares finalizou o vídeo pedindo colaboração da população para evitar o aumento de casos da Covid-19. “Grande parte da população está tomando as medidas corretas, mas há um percentual que não estão agindo corretamente, andando sem máscara, fazendo aglomerações. Isso é importante que deixe de ser feito. Se continuar a doença neste ritmo, a economia só vai piorar no nosso país, pois a doença vai ser cada vez mais grave”, afirmou.

O Hospital de Base conta com 223 pacientes internados, com 98 na enfermaria e 125 na UTI. Desde o início da pandemia foram 3.682 pacientes atendidos, com 2.671 altas e 816 óbitos. Só em fevereiro foram 318 internações.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior