Mulher é presa por explorar prostituição de adolescente desaparecida

Uma mulher de 25 anos foi presa em flagrante por submeter uma adolescente de 16 anos à prostituição, na noite desta quinta-feira (27), no Jardim Paraíso, em Rio Preto. A prisão ocorreu após a mãe da garota, de 34 anos, pedir auxílio à GCM (Guarda Civil Municipal).

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a adolescente é moradora de Birigui e estava desaparecida desde o dia 9 de junho. A mãe dela foi informada que a filha estaria se prostituindo em frente a uma casa do bairro conhecido pela prostituição e pelo tráfico de drogas.

Dhoje Interior

Ao chegarem ao local, encontraram a menina usando um vestido transparente na parte de baixo e uma camiseta. Aos guardas, ela confirmou que estava se prostituindo em um dos quartos do local onde foi encontrada. Na frente funciona um bar. A adolescente contou que cada programa era R$ 50, dos quais R$ 10 era pago para a gerente.

O quarto no qual a garota fazia os programas era também utilizado como sua moradia. No local, os agentes encontraram uma porção de maconha, que pesou 36,2 gramas, dois restos de cigarros de maconha e um dichavador (acessório usado para triturar a erva), além de um pote plástico e que ainda continha resquícios de maconha. A adolescente disse que a droga era para consumo próprio.

Já a gerente do bar afirmou que não sabia que a garota era menor de idade, alegando que ela não tinha apresentado documentos. A mulher foi conduzida à Central de Flagrantes, e após ser ouvida encaminhada à carceragem da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais), onde permaneceu presa à disposição da Justiça. Voluntariamente, ela entregou R$ 550 que levava consigo e declarou que o dinheiro havia sido arrecadado com a atividade de prostituição. Também foram apreendidos R$ 466.

A adolescente foi ouvida e liberada mediante termo de responsabilidade assinado pela mãe. Em seguida, ela foi encaminhada ao HCM (Hospital da Criança e Maternidade) para realização de exames de corpo de delito e exames.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior
E-mail: [email protected]