Moradora de rua entra em lanchonete sem máscara e danifica estufa

Uma mulher de 30 anos em situação de rua foi detida ao danificar uma estufa de salgado de uma lanchonete, localizada na Vila Imperial, em Rio Preto. Ela entrou no estabelecimento comercial sem máscaras, nesta quarta-feira (28), para pedir água. O uso da máscara se tornou obrigatório como medida para conter a transmissão do coronavírus.

A proprietária da lanchonete disse à Polícia Militar que ao ver que a moradora de rua estava sem máscaras pediu para que ela saísse do local. A mulher, então, se exaltou e jogou a estufa de salgados no chão, quebrando-a e, em seguida, saiu do estabelecimento.

Dhoje Interior

Os policiais localizaram a moradora de rua próximo à lanchonete, sendo liberada na Central de Flagrantes. As fotos do equipamento quebrado foram anexadas ao registro policial e a vítima foi orientada sobre o prazo de seis meses para fazer a representação criminal.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior
E-mail: [email protected]