Menina de 12 anos diz para mãe que foi abusada durante festa na casa da avó

Uma menina de apenas 12 anos relatou para a mãe ter sido estuprada dentro da casa da avó paterna. Segundo informações do boletim de ocorrência o caso aconteceu nesta segunda-feira (15) por volta das 17h da tarde.

A mãe da menina, uma advogada de 30 anos, disse aos policiais que ela e o pai da menina estão separados há seis anos e que ela tem uma medida protetiva contra ele e nesse tempo ele nunca as procurou.

Dhoje Interior

Na segunda-feira a menina pediu a mãe para ir visitar a avó paterna que mora em Engenheiro Schimdt e quem buscou a menina foi o pai dela, deixando-a em um shopping da cidade com alguns amigos sem a presença de nenhum adulto. Ainda segundo o boletim, a menina foi com os amigos até a casa da avó chamando um motorista de aplicativo.

Chegando ao endereço, a avó da menina não estava em casa mas autorizou a entrada na portaria por telefone. A menina e os amigos, todos menores de idade, ficaram sozinhos na residência e realizaram uma pequena festa no local regada a bebidas alcóolicas. Em seguida um dos meninos induziu a menina a beber e a levou para um dos quartos e lá manteve relações sexuais com a garota.

A garota voltou para casa da mãe e no dia seguinte (16) contou o que tinha ocorrido na casa da avó e a mãe resolveu registrar o boletim de ocorrência.

A mãe da menina ainda descobriu que a filha foi pousar na casa da avó na última sexta-feira (12) e levou uma prima também menor de idade, porém as duas foram até uma chácara onde tinham vários menores entre eles o menino que teve relações sexuais com ela.

Procurada por nossa reportagem a mãe da menina não foi encontrada e a avó da menina não quis comentar sobre o assunto. O caso foi registrado na Central de Flagrantes como estupro de vulnerável e será encaminhado para a DDM – Delegacia de Defesa da Mulher para melhor apuração dos fatos.

Janaína PEREIRA – Redação Jornal DHoje Interior