Meio Ambiente terá contrato emergencial para limpeza pública

Queda no consumo durante pandemia pode ter ocasionado redução no lixo doméstico

A Secretaria do Meio Ambiente deve abrir processo de contratação emergencial de empresa para fazer os serviços manutenção da limpeza de vias públicas, coleta, tratamento e destino final de resíduos sólidos e serviços correlatos. A decisão foi tomada por conta da judicialização da concorrência pública 001/2021.

A empresa contratada inicia o serviço emergencial no próximo dia 25 de maio, tendo e vista que o atual contrato de prestação destes serviços se encerra no dia 24 deste mês.

Dhoje Interior

Este contrato emergencial deve ser celebrado caso não haja até a data uma decisão judicial sobre o caso.

O tempo de duração deste contrato será de até seis meses sem poder ser prorrogado.

Concorrência – A equipe técnica da secretaria após analises da documentação de todas as empresas participantes da concorrência desclassificaram a proposta do lote 1 as empresas Proposta Engenharia Ambiental Ltda, Litucera Limpeza E Engenharia Ltda, KTM Administração e Engenharia Ltda, Quebec Construções e Engenharia Ltda, por sua vez o mesmo aconteceu com a proposta  do lote 3 da empresa Rodoserv Engenharia Ltda.

Com isso a empresa Constroeste ficou classificada em 1º lugar neste dois lotes 1 e 3 – como a mesma tinha ganho o lote 2 do processo licitatório.

Em nota a pasta salienta que “Conforme relatório técnico elaborado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo foi alterada a classificação dos lotes 01 e 03 da referida concorrência, após a constatação de falhas na composição dos itens obrigatórios do edital, por parte de algumas das empresas. O parecer final da Diretoria de Contratos segue na íntegra e será publicado no Diário Oficial do Município amanhã (sábado 08.05)”.

Da Redação DHoje Interior