Mapa mostra 73,1% de ocupação de leitos por Covid em Rio Preto; Secretaria nega

Rio Preto tem mais de 500 leitos destinados aos pacientes do SUS e 73% seriam mais de 350 leitos com pacientes com a doença

Boletim da Fundação Seade mostra que a região de Rio Preto (DRS-15) ligou o sinal amarelo para a ocupação de leitos com pacientes com Covid 19. O último mostra que 73,1% dos leitos destinados à doença estão ocupados. Em Rio Preto, o mapa tem causando mais confusão do que esclarecimento.

A Secretaria Municipal de Saúde afirma que não tem como dar a porcentagem de leitos ocupados na cidade porque o governo federal colocou fim ao custeio exclusivo para leitos de Covid. Os pacientes são internados em leitos destinados aos comuns a todos os pacientes. A assessoria de imprensa diz que os números não são da Secretaria.

Por outro lado, a Secretaria de Estadual de Saúde diz que os dados da Fundação são reais e eles são divulgados diariamente. Mas não sabe informar de onde os dados são copiados. O mapa divulgado na última segunda-feira (21) mostra que a ocupação de leitos por Covid em Rio Preto é um sinal amarelo para a doença. O censo diário da Seade mostra 49 casos na segunda-feira e um total de 67 leitos Covid ocupados.

A assessoria de imprensa da Secretaria local de Saúde diz que “o estado mantém o censo Covid para os hospitais informarem os leitos ocupados por pacientes suspeitos ou confirmados”, mas que “esses leitos não são exclusivos para Covid”. Com isso, “não há mais o custeio exclusivo dos leitos Covid” como durante a pandemia. “Agora, são leitos de UTI, com custeio de leito UTI”, diz a nota.

Uma possibilidade, no entanto, é que os dados sejam enviados diretamente pelos Hospitais. Ainda assim, diferença entre os números da Fundação e o total de leitos existentes na cidade é muito grande. No HB são mais de 200 leitos destinados aos pacientes do SUS de rio Preto e região e na Santa Casa, outros 212, e um convênio especial com mais 28. Na UPA do Sano Antônio, temos outros 3 (enfermaria).

Portanto, temos em torno de 500 leitos destinados aos pacientes do SUS. Caso 70% estivessem ocupados com pacientes Covid, teríamos 350 leitos com a enfermidade.

Da REPORTAGEM