Mãe de jovem desaparecido em Guapiaçu recebe pistas e faz buscas na região

Davi continua desaparecido desde ultimo domingo (18) - Foto Divulgação
A rio-pretense Miriã Moreira continua em busca de informações do paradeiro do filho desaparecido Davi Moreira Fiamenghi de 30 anos.. Nesta quinta-feira (22) ela iria se reunir com alguns policiais e fazer uma busca na região utilizando cães farejadores, mas não foi possível pois a pista que tinham era falsa.
Ela conta que chegou do trabalho e por volta das 20h30 e recebeu um áudio de que teriam visto alguém parecido com Davi, no Distrito de Engenheiro Schmidt. Imediatamente ela foi até o local, mas não encontrou nada.
Miriã informou ainda que recebeu uma outra pista: uma ligação de Ibirá de que possivelmente teriam  visto o rapaz no Thermas da cidade.
Segundo a mãe do jovem, a pessoa estava passando pelo Thermas,  viu um rapaz com as mesmas características de Davi, bermuda escura, mas estava descalço e sem camisa. Essa pessoa viu a foto de Davi  no noticiário da TV, e ao chegar em casa ligou para Miriã para falar que talvez poderia ser ele no Thermas.
“Vou bem cedo para Ibirá (hoje), continuo incessantemente a busca pelo meu filho”, afirma.
A mãe não desiste de encontrar Davi e qualquer pista que receba é uma esperança de encontrá-lo.
A mãe reforça o apelo que quem tiver informações de Davi que entre em contato pelos telefones (17) 99117 4646 / (17) 91846 1734 ou informar a polícia.
Relembre o caso 
O rapaz desapareceu no último domingo (18) da chácara da avó em Guapiaçu, ao sair por volta das 10h30 da manhã para andar de bicicleta.
Segundo informações ele foi visto pela última vez em um posto de combustíveis, mas a família não conseguiu ter acesso às imagens de câmeras de segurança.
Quando desapareceu Davi usava bermuda escura, camiseta (família não se lembra a cor) e chinelos. Ele estava de folga no domingo, e sempre tinha o costume de dormir na casa dos avós no final de semana. 
Janaína PEREIRA – Redação Jornal Dhoje Interior