Jovem tenta se defender de agressões e mata o pai com facada

Um auxiliar administrativo de 18 anos matou o pai com uma facada no pescoço após estar sendo agredido na tarde deste sábado, dia 19, no bairro Residencial Bom Sucesso, em Rio Preto. A vítima, o vigilante W.A., 46 anos, morreu no local. O jovem não foi preso porque o crime se caracterizou legítima defesa, segundo o boletim de ocorrência.

Ainda conforme relatos policiais, por volta das 16 horas, uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência lesão corporal envolvendo uma faca. Passando alguns minutos a Polícia Militar recebeu um novo chamado comunicando o homicídio. Quando os policiais chegaram, uma vizinha disse que ouviu gritos como: “você é meu filho, você tem que me respeitar.”

Dhoje Interior

Depois de alguns minutos ouviu um “eu vou te matar”. E logo em seguida o jovem foi visto correndo pelas ruas do bairro todo ensanguentado e com uma faca em mãos, enrolada com um pano no braço.

Os policiais começaram as diligências para encontras o suspeito, que foi localizado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA Norte), onde narrou o que aconteceu. Ele disse que o pai tentou lhe matar com a faca e em um momento de defesa para fugir das agressões, pegou a arma de desferiu um golpe nele, que atingiu o pescoço e causando o óbito. Logo em seguida fugiu do local abandonando a faca em algum lugar que não soube informar.

O jovem foi encaminhado ao Plantão Policial, onde foi ouvido e como não havia nenhum antecedente criminal, ele responderá o crime em liberdade por se tratar de legítima defesa. O delegado solicitou o registro policial para maiores apurações.

por Franklin CATAN