Jardineiro é preso por falsa comunicação de crime

Um jardineiro, de 33 anos, foi preso na madrugada dessa sexta-feira (3) após a polícia descobrir que ele havia mentido que sua moto havia sido roubada e, ainda indicou à polícia quem teria cometido o crime. Na verdade, ele havia trocado o veículo por drogas em uma “biqueira”.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares faziam patrulhamento de rotina pelo bairro quando foram acionados pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar do Estado de São Paulo) e informados sobre as características e placa de uma moto, com queixa de roubo.

Dhoje Interior

Em ligação ao 190, o jardineiro contou que estava acompanhado de seu sobrinho quando foi abordado por dois homens, que estavam em outra moto. Os supostos ladrões teriam levado a moto dele, além do celular e documentos.

Ainda conforme o registro policial, a PM localizou a moto estacionada na garagem de um imóvel, no bairro Nova Esperança. O suposto ladrão, saiu da casa e sem esboçar nervosismo, esclareceu aos policiais que havia trocado um Volksagen Gol pela moto. Ele comprovou aos policiais que estava de posse da moto, há pelo menos cinco dias, mostrando o anúncio de venda postado no Facebook.

Os policiais militares entraram em contato com o jardineiro, que estava na Central de Flagrantes. Por diversas vezes, a suposta vítima sustentou a versão de que havia sido roubado. No entanto, ao ser confrontado com as fotos do anúncio na rede social, acabou confessando que havia “penhorado” a moto em uma “biqueira” – ponto de venda de drogas. Ele contou que trocou a moto por R$ 300 em pedras de crack e mais R$ 300 em dinheiro.

Arrependido de ter trocado a moto por drogas, o jardineiro soube que o veículo estava sendo anunciado para venda e entrou em contato, se passando por comprador para conseguir o endereço. Em seguida ligou para o Copom e denunciou que havia sido roubado.

Registrado como denunciação caluniosa e comunicação falsa de crime e contravenção, o caso será investigado pelo 4ºDistrito Policial. O jardineiro foi preso em flagrante.

Por Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior