Itamar Borges fala sobre reeleição este ano e especulação de seu nome para prefeito

Itamar Borges: "dobro com Edinho Filho".

Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo desde junho do ano passado, o deputado estadual licenciado Itamar Borges (MDB) tem pavimentado a carreira política nos últimos anos com a possibilidade de novos voos para as bandas de Rio Preto. Natural de Santa Fé do Sul, tendo sido prefeito por três mandatos em sua terra natal – a mesma do prefeito de Rio Preto Edinho Araújo – Itamar foi reeleito em 2018 para novo mandato como deputado estadual. Ele não esconde que tem na carreira vitoriosa de seu conterrâneo Edinho Araújo o espelho para chegar até a cadeira de prefeito de Rio Preto. Fato que ele não nega todas as vezes que é perguntado.

Advogado, teve experiência no comércio, foi professor universitário, além de vereador em Santa Fé, Itamar Borges na Assembleia Legislativa preside desde 2011 a Comissão de Atividades Econômicas (CAE), e participa como membro das comissões de Saúde, Meio Ambiente e Assuntos Desportivos.

Dhoje Interior

Sua área de atuação abrange o trabalho em defesa da agricultura, pecuária, agroindústria, sucroenergia e todos os setores da cadeia produtiva do agro; das santas casas e hospitais filantrópicos. Ao Dhoje Interior, em entrevista com o balanço das atividades no ano passado e projeções para este ano de eleições em todo país, Itamar não fugiu de nenhum questionamento e disse que se o contexto permitir estará à “disposição de Rio Preto” nas eleições para prefeito em 2024. Confira a entrevista:

Dhoje Interior: Desde junho do ano passado o senhor é o secretário da Agricultura do Estado, após ter aceito convite do governador João Doria (PSDB). Uma pasta estratégica que envolve com o homem do campo e movimento milhões em todo o estado através do Agro. Um programa considerado vitrine é o Melhor Caminho que leva melhores condições as estradas rurais e vicinais. Quantos quilômetros já foram recuperados até o momento?

Itamar Borges: Quando assumi a convite do Doria e do Garcia coloquei alguns desafios. Como não temos mais a Codasp (Companhia de Desenvolvimento Agrícola do Estado de São Paulo) decidi pela volta deste programa. Em 12 anos 500 quilômetros foram realizados a cada ano. Só neste ano vamos executar 5 mil. É o maior período de recuperação das estradas de terra e rural. Segurança ao produtor e ao Agro do interior.

 

Dhoje Interior: As assinaturas dos convênios ocorreram no ano passado, inclusive em Rio Preto, com a presença do governador Doria. Já existem as estradas definidas aqui na nossa região?  

Itamar Borges: Tivemos as assinaturas dos convênios, os municípios indicam os trechos e na sequencia nós realizamos os projetos. Hoje estamos com mais de 300 projetos prontos, grande número de cidades da região contemplados e estamos no processo de contratação de empresas. Já contratamos 150 obras e vamos continuar. Em fevereiro começa a execução e até o mês de agosto vamos executar 100%. Temos três trechos em Rio Preto, no distrito de Talhado, região da Vila Azul.

Dhoje Interior: Fale sobre o programa da Patrulha Rural?

Itamar Borges: Começamos isso em uma parceria com a Google onde estamos mapeando e identificando todas as estradas rurais e entregando ao agricultor o CEP rural. Isso é bom para a saúde que chega mais rápido, transporte de alunos e cidadania, inclusão. Segurança no campo, Rio Preto, por exemplo, foram entregues três viaturas, Mirassol, Bálsamo ou cidades que tem Guarda-Municipal estamos priorizando os veículos. Vai para fazer ronda rural, pra levar segurança ao homem do campo. Muitas ocorrências de roubos de fertilizantes, equipamentos, insumos, gado e até de produção. Vamos fortalecer e dar segurança ao agro no interior paulista.

 

Dhoje Interior: Foram investidos mais de R$ 50 milhões em institutos de pesquisas para melhorar a produtividade no campo. Fale um pouco de como isso é feito e como o produtor, na ponta final, é beneficiado?  

Itamar Borges: No ano passado mais de R$ 50 milhões para pesquisa e este ano R$ 52 milhões. É o que faz a diferença. O agro de São Paulo está onde está graças a ciência, a pesquisa, a inovação e isso que estamos fazendo. Trazendo novas culturas que você consegue em menor tempo uma produção e produtividade maiores na mesma área, muitas vezes com menor necessidade de defensivos agrícolas e uso hídrico. São Paulo é o primeiro do Brasil e do mundo em cana de açúcar, seringueira, a borracha. Nova resolução no setor de seringueiras, para os produtores. Hoje o produtor pode produzir a própria muda e os viveiros podem produzir tanto nas bancadas como no solo, preservando a sanidade das mudas. Teremos milhares de mudas por ano em virtude da nova regra que antes dela só permitia o cultivo nas bancadas.

 

Dhoje Interior: O senhor participou de Comitiva do governado Doria em visita no ano passado a Expo Dubai. Qual o saldo da visita ao país árabe?

Itamar Borges: São Paulo tem aberto escritórios em vários lugares no mundo pra justamente buscar de alguma forma trazer o investidor e exportar o produto de São Paulo. São vários. Dubai é um ponto estratégico do mundo, está na porta da Ásia e próxima da Europa, uma localização estratégica. Temos uma estrutura, através de Dubai, que vai fortalecer ainda mais com o escritório de negócios e os produtos que foram levados para a feira Expo Dubai. Parcerias no etanol, açucar, cacau e outros produtos.

 

Dhoje Interior: Como está a produção de laranja e cana-de-açúcar na nossa região?  

 

Itamar Borges: A safra de cana sofreu um pequeno atraso em virtude do período de chuvas, mas a expectativa é ainda e de uma pequena redução, também pelas queimadas. Com o replantio nós passamos ter uma safra um pouco maior. Acabamos de lançar novos cultivares, novos tipos de cana para serem plantados, que dão maior produtividade na mesma área e mais resistentes também. Já a laranja, nós que já fomos uma região importante, ainda temos um peso no estado de São Paulo. Fizemos com a O Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura) um convênio para criar mecanismos para ampliar a produção de mudas e criar um controle da qualidade da fruta. A laranja de São Paulo e do Brasil é exportada para o mundo todo. Tanto a fruta como o suco. Estimulando a plantação de pomares, fortalecendo muito este setor.

 

Dhoje Interior: O senhor é candidato a deputado estadual nas eleições deste ano? O Edinho Filho, que integra sua equipe na Secretaria de Agricultura, filho do prefeito Edinho Araújo vai dobrar com o senhor e sair para federal?

Itamar Borges: Fico como secretário de Agricultura até abril. Volto pra Assembleia no meu mandato e sou candidato a reeleição de deputado estadual. Me identifico muito ao cargo de estadual por estar mais próximo aos municípios. Como deputado estadual tenho mais condições de fazer isso. O Edinho Araújo Filho é um pré-candidato e espero que confirme sua candidatura. O partido reservou a vaga a ele e ele vai tomar a decisão na hora certa. O pai é um exemplo de líder, o maior prefeito da história dessa cidade. O Edinho tem o sangue do pai e tem me ajudado na secretaria de Agricultura.

 

 

Dhoje Interior: Em 2018 as eleições foram tomadas pela onda Bolsonaro onde Rio Preto acabou não elegendo nenhum deputado estadual e federal com domicílio eleitoral na cidade. Foi espécie de arrasa-quarteirão em figuras como Valdomiro Lopes, Vaz de Lima, João Paulo Rillo, entre outros nomes conhecidos do eleitorado. O senhor acredita que para este ano possa acontecer algo parecido?

Itamar Borges: Essa experiência do radicalismo, do extremismo não foi aprovada pela população e que isso cada vez mais mostra a necessidade da política, da boa política. É preciso na eleição não optar pelo radicalismo e decantar, peneirar os bons e maus políticos. A população enxerga a sensibilidade política. Fui vereador, prefeito e deputado, aprendi muito e procuro fazer a boa política.  Vai ser a eleição de quem tem realmente trabalhado. Temos exemplos de mudanças que nada mudou.

 

Dhoje Interior: O senhor será candidato a prefeito em 2024, para a sucessão do atual prefeito Edinho Araújo? A trajetória dos dois é praticamente parecida. São inclusive do mesmo partido. Seria natural o apoio de Edinho para sucede-lo?

 

Itamar Borges: Sou candidato a deputado estadual. Quero reeleger e continuar esta missão como deputado. Você citou um exemplo e é natural essa colocação. Com isso fui estimulado e convidado para ser o deputado de Rio Preto, trazido para morar em Rio Preto desde 2020 com domicílio eleitoral aqui. Único deputado estadual com domicílio em Rio Preto. É natural as especulações. Qual é o líder político, homem público que não gostaria de estar como prefeito por essa cidade e seu povo.

Raphael Ferrari – Dhoje Interior