Ipem-SP fiscaliza botijões de gás de cozinha no Estado de SP

Foto: Guilherme Batista

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, que tem como objetivo defender o consumidor, fiscalizou na última terça-feira, 28 de abril, depósitos de distribuição de gás de cozinha na capital e nas cidades de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Cubatão, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santo André, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Sorocaba.

 Ao todo, foram fiscalizados 7.571 botijões de GLP, popularmente conhecidos como botijões de gás de cozinha, em 27 estabelecimentos, das marcas Consigás, Copagaz, Liquigás, Supergasbrás, Nacional Gás Butano e Ultragaz.

Dhoje Interior

 Foi encontrado 1 erro individual de – 600 g em 13 kg, da marca Consigás na Vila Caraguatá em Cubatão, na Baixada Santista.

 Outro erro encontrado foi em um lote num estabelecimento na região central da capital, no bairro Campos Elíseos, por apresentar erro médio de -78,8 g em 13 kg, o que corresponde a um erro relativo de – 0,61%. A empresa envasadora Consigás foi autuada. Foram interditados 7 recipientes com tara ilegível.

 Os demais erros encontrados estavam dentro do tolerado, conforme portaria Inmetro nº 225/2009.

 As equipes do Ipem-SP não encontraram indícios de fraude nos botijões fiscalizados.

 As empresas autuadas terão dez dias para apresentar defesa junto ao instituto. De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.

 Veja os locais vistoriados e todas as irregularidades. Acesse https://tinyurl.com/yaz6ssrb

 Da Redação